CUIABÁ

AGRO

1ª Feira Vegana de Cuiabá terá comida, palestras e até tatuagem

Publicados

AGRO

Berço do agronegócio nacional, o estado do Mato Grosso vem aos poucos mostrando que também tem espaço para o veganismo. A capital mato-grossense, Cuiabá, tem pouco mais de 600 mil habitantes – é uma gigante para os padrões do interior do país.

Neste sábado (20), a cidade recebe a sua primeira feira vegana, que será realizada no espaço do restaurante Raposa Vegana, primeiro restaurante do tipo por lá. Haverá barracas com comida vegana, palestras com nutricionistas, chefs e ativistas e até tatuagem sem nada de origem animal e colocação de piercing.

O evento acontece na rua Candido Mariano, 1270, no bairro do Quilombo. Pra você saber a localização correta, acesse o LINK.

Serviços

Evento no Facebook (confirme presença)

Data: 20/10, sábado
Horário: das 15 às 19 horas
Valor: entrada gratuita
Local: Raposa Vegana – Foods com carinho
Endereço: Rua Cândido Mariano, 1270 – Quilombo – Cuiabá-MT
Distância: calcule a distância do seu local até o evento (calcule aqui)

SAIBA MAIS SOBRE CUIABÁ

Cuiabá é um município brasileiro, capital do estado de Mato Grosso, Região Centro-Oeste do país. Fundado em 1719 por Pascoal Moreira Cabral e descoberto por Miguel Sutil, ambos bandeirantes nascidos na cidade de Sorocaba-SP, ficou praticamente estagnada desde o fim das jazidas de ouro até o início do século XX. Desde então, apresentou um crescimento populacional acima da média nacional, atingindo seu auge nas décadas de 1970 e 1980. Nos últimos 15 anos, o crescimento diminuiu, acompanhando a queda que ocorreu na maior parte do país. Hoje, além das funções político-administrativas, é o principal pólo industrial, comercial e de serviços do estado. É conhecida como “cidade verde”, por causa da grande arborização. Situa-se na margem esquerda do rio de mesmo nome e forma uma conurbação com o seu município vizinho, Várzea Grande.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

AGRO

MT aumenta área plantada de soja, mas deve produzir menos

Por fim, a produção total para a próxima colheita ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

Publicados

em

Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, menos que 2021. FOTO - Exame/Alexis Prappas

A área aguardada de soja para a próxima temporada no estado de Mato Grosso (safra 2022/23) ficou projetada em 11,13 milhões de hectares, incremento de 2,55% em relação à safra 2021/22.

A ampliação inicial está pautada pela valorização do preço da oleaginosa, demanda aquecida e o momento de preços favoráveis dos subprodutos da soja, o que motivou alguns produtores a fazerem a conversão de áreas de pastagens para agricultura, principalmente em regiões onde a pecuária predomina — Nordeste, Noroeste e Norte.

A informação foi divulgada, nos últimos dias, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da soja. Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, o que representa 1,26% abaixo em relação ao rendimento da safra 2021/22.

Apesar do recuo na estimativa, neste primeiro momento as projeções ficam limitadas,
devido a alguns pontos que podem impactar no decorrer da safra, como: condições climáticas e incertezas de investimento devido ao alto custo de produção.

Por fim, a produção total ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA