CUIABÁ

AGRO

ALMT e Senado realizam audiência vai debater sobre a ferrovia Fico

Publicados

AGRO

Audiência requerida pelo deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, à Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT), e com o apoio do Senado Federal por meio do senador Wellington Fagundes, vai debater os trechos que compreendem o traçado da Ferrovia de Integração do Centro Oeste – Fico, entre os municípios de Campinorte – GO e Água Boa – MT.

Na última semana, o senador compartilhou um vídeo nas mídias sociais juntamente com o ministro de Infraestrutura,  Tarcísio Gomes, onde confirma a assinatura do contrato para o início das obras da Fico ainda em 2019. “Com o contrato assinado as obras de construção da ferrovia devem iniciar no próximo ano, com previsão de conclusão do trecho em três anos”, ressaltou Gomes.

De acordo com o deputado, a presença do Senado federal e do Ministério de Infraestrutura é imprescindível para a discussão, bem como o apoio dos deputados federais do estado.

“As presenças do senador Wellington e do ministro são muito importantes. O senador é nosso porta-voz em Brasília, especialmente na área de infraestrutura, e tem conduzido com êxito a pauta da Fico. Contamos com a participação dos prefeitos, vereadores, sindicatos rurais, empresários do agronegócio e a população da região, para debater a integração das rodovias federais e estaduais. Ressalto que precisamos, também, do apoio em massa dos nossos deputados federais. Essa é uma ótima oportunidade para discutir uma obra de grande relevância para o Araguaia bem como para todo Mato Grosso”, ratificou Nininho.

“A conclusão da Fico será uma grande conquista para a população do Araguaia, além de promover a logística, vai levar oportunidade de emprego e desenvolvimento para toda região e por consequência ao Estado”, ressaltou Nininho.

SERVIÇOS:
O que – Audiência Pública para debater as obras de infraestrutura das rodovias federais e estaduais que compreendem a Fico;

Quando – 15 de junho de 2019;

Hora – 15h00 (horário de Brasília);

Local – Universidade Aberta do Brasil (UAB), município de Água Boa (MT), nº 2301, R 01, Bairro Tropical – Água Boa – MT.

Presença confirmada: ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes;

Apoio – Senado Federal – senador Wellington Fagundes.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

AGRO

MT aumenta área plantada de soja, mas deve produzir menos

Por fim, a produção total para a próxima colheita ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

Publicados

em

Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, menos que 2021. FOTO - Exame/Alexis Prappas

A área aguardada de soja para a próxima temporada no estado de Mato Grosso (safra 2022/23) ficou projetada em 11,13 milhões de hectares, incremento de 2,55% em relação à safra 2021/22.

A ampliação inicial está pautada pela valorização do preço da oleaginosa, demanda aquecida e o momento de preços favoráveis dos subprodutos da soja, o que motivou alguns produtores a fazerem a conversão de áreas de pastagens para agricultura, principalmente em regiões onde a pecuária predomina — Nordeste, Noroeste e Norte.

A informação foi divulgada, nos últimos dias, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da soja. Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, o que representa 1,26% abaixo em relação ao rendimento da safra 2021/22.

Apesar do recuo na estimativa, neste primeiro momento as projeções ficam limitadas,
devido a alguns pontos que podem impactar no decorrer da safra, como: condições climáticas e incertezas de investimento devido ao alto custo de produção.

Por fim, a produção total ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA