CUIABÁ

AGRO

Cuiabá sedia dois grandes eventos da cadeia produtiva de grãos nesta segunda

Publicados

AGRO

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) realizará nesta segunda-feira (10.06) dois grandes eventos focados na cadeia produtiva da soja e do milho. A partir das 13h30 terá início o Fórum Mais Milho, no Cenarium Rural, em Cuiabá.

O evento é uma realização da Aprosoja-MT, Canal Rural, Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) e Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat).

Ao longo da tarde, dois paineis serão apresentados com debates sobre os temas: “Técnicas sustentáveis que reduzem o custo em até 50%” – com a palestra “Uso e registro de agentes de controle biológico”, coma pesquisadora da Embrapa, Rose Monnerat.

Em seguida, será a vez de discutir “O impacto da tributação dentro e fora da porteira”, que terá a palestra “Planejamento tributário como ferramenta de gestão para o produtor rural”, com o sócio diretor da Safras e Cifras, Sandro Elias. O presidente da Aprosoja-MT e vice-presidente da Aprosoja Brasil, Antonio Galvan, está entre os debatedores deste painel.

Logo após o Mais Milho, terá início o encerramento do 14º Circuito Aprosoja. O evento é considerado o maior e principal da cadeia produtiva da soja no Brasil e, ao longo de três meses, a caravana composta por técnicos, diretores e convidados da Associação visitou os 24 núcleos da Aprosoja-MT, totalizando um público de mais de 3 mil participantes.

O tema escolhido para esta edição foi “Custo + Tributação = Agricultura em Risco”, que desdobrou subtemas que impactam a produção agropecuária como Funrrural, Lei Kandir e Fethab.

A cerimônia de encerramento terá início às 19h, no Cenarium Rural, e contará com a palestra do jornalista William Waack e presenças da ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e do deputado federal e presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Alceu Moreira.

Waack ministrará a Palestra: “Cenário Político-Econômico: Onde Estamos e Para Onde Vamos”.  A ministra Tereza Cristina e deputado Alceu Moreira terão participação especial no evento. As inscrições para o evento ainda podem ser feitas pelo site: www.aprosoja.com.br

Fonte: MinutoMT com Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

AGRO

MT aumenta área plantada de soja, mas deve produzir menos

Por fim, a produção total para a próxima colheita ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

Publicados

em

Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, menos que 2021. FOTO - Exame/Alexis Prappas

A área aguardada de soja para a próxima temporada no estado de Mato Grosso (safra 2022/23) ficou projetada em 11,13 milhões de hectares, incremento de 2,55% em relação à safra 2021/22.

A ampliação inicial está pautada pela valorização do preço da oleaginosa, demanda aquecida e o momento de preços favoráveis dos subprodutos da soja, o que motivou alguns produtores a fazerem a conversão de áreas de pastagens para agricultura, principalmente em regiões onde a pecuária predomina — Nordeste, Noroeste e Norte.

A informação foi divulgada, nos últimos dias, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da soja. Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, o que representa 1,26% abaixo em relação ao rendimento da safra 2021/22.

Apesar do recuo na estimativa, neste primeiro momento as projeções ficam limitadas,
devido a alguns pontos que podem impactar no decorrer da safra, como: condições climáticas e incertezas de investimento devido ao alto custo de produção.

Por fim, a produção total ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA