CUIABÁ

AGRO

DNIT apresenta anteprojeto para travessia urbana de cinco cidades de MT

Publicados

AGRO

A Superintendência Regional do DNIT em Mato Grosso ( SR – DNIT / MT ) apresentou, ontem segunda-feira (23.07), o anteprojeto de travessia urbana de cinco cidades: Itaúba, Terra Nova do Norte, Nova Santa Helena, Guarantã do Norte e Peixoto de Azevedo, municípios localizados ao longo da BR-163, na região Norte de Mato Grosso.

O anteprojeto é resultado de estudos realizados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que levou em consideração o aumento do tráfego de cargas ao longo da BR-163 em direção aos portos do chamado Arco Norte do país. Até recentemente, as cargas de Mato Grosso eram destinadas, quase que exclusivamente, aos portos do Sul do Brasil. “Hoje, cerca de mil caminhões usam esse trecho da rodovia, em direção ao Norte do país”, explica o Diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT, Luiz Antônio Ehret Garcia.

Durante a apresentação, os prefeitos tiveram a oportunidade de questionar pontos específicos e sugerir alterações.

Pelo anteprojeto, que abrange o trecho da rodovia desde Sinop até a divisa do Pará, estão previstas obras de recuperação do asfalto, duplicação de pistas, construção de contornos e viadutos, implantação de ciclovias e passarelas, garantindo mais segurança e trafegabilidade aos veículos e moradores.

Presente à reunião, o Senador Wellington Fagundes lembrou que as travessias urbanas são consideradas pontos críticos em qualquer rodovia e, no caso específico, ainda mais levando-se em consideração o volume de tráfego. Segundo ele, depois da apresentação do anteprojeto, o próximo passo é viabilizar recursos no Orçamento Geral da União para as obras.

“Vamos contar com o trabalho dos parlamentares de Mato Grosso em Brasília para avançarmos nessas obras”, disse o Superintendente Regional do DNIT, Orlando Fanaia Machado.

A Prefeita de Santa Helena, Terezinha Guedes Carrara, aprovou o anteprojeto e disse se tratar de uma antiga reivindicação. “Essa obra vai ajudar na redução de acidentes”, disse.

Já o prefeito de Itaúba, Valcir Donato, acredita que o principal objetivo da obra é garantir mais segurança aos usuários da rodovia. Ele considera o projeto de suma importância para o município.

Também estiveram presentes os prefeitos de Terra Nova do Norte, Valter Kuhn, Peixoto de Azevedo, Maurício Ferreira de Souza, Guarantã do Norte, Érico Stevan Gonçalves e a Prefeita de Sinop, Rosana Martinelli.

Fonte: DNIT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

AGRO

MT aumenta área plantada de soja, mas deve produzir menos

Por fim, a produção total para a próxima colheita ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

Publicados

em

Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, menos que 2021. FOTO - Exame/Alexis Prappas

A área aguardada de soja para a próxima temporada no estado de Mato Grosso (safra 2022/23) ficou projetada em 11,13 milhões de hectares, incremento de 2,55% em relação à safra 2021/22.

A ampliação inicial está pautada pela valorização do preço da oleaginosa, demanda aquecida e o momento de preços favoráveis dos subprodutos da soja, o que motivou alguns produtores a fazerem a conversão de áreas de pastagens para agricultura, principalmente em regiões onde a pecuária predomina — Nordeste, Noroeste e Norte.

A informação foi divulgada, nos últimos dias, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da soja. Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, o que representa 1,26% abaixo em relação ao rendimento da safra 2021/22.

Apesar do recuo na estimativa, neste primeiro momento as projeções ficam limitadas,
devido a alguns pontos que podem impactar no decorrer da safra, como: condições climáticas e incertezas de investimento devido ao alto custo de produção.

Por fim, a produção total ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA