CUIABÁ

AGRO

Em Rondonópolis, parceria viabiliza formação para moradores de rua

Publicados

AGRO

A Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social em parceria com o Senar, IMA, Sine e Aprosmat realizaram um curso de capacitação de manutenção de máquinas agrícolas para 15 moradores de rua.

A seleção dos alunos foi realizada com usuários do Centro Pop e do Albergue da Vila Operária.

A intenção é resgatar e inserir as pessoas que vivem em situação de rua em Rondonópolis e que desejam iniciar uma nova vida por meio do trabalho.

Todos os capacitados, tem a garantia do encaminhamento para avaliação de possível enquadramento de perfil das vagas disponíveis no Sine.

As aulas foram ofertadas na sede do Instituto Mato-grossense do Algodão. Para 2019, novas capacitações serão feitas para atender este público.

Conforme a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social, a parceria permite que aquele que deseja voltar ao mercado de trabalho possa passar por formação e então ser encaminhado para as vagas disponíveis. Como muitos que vivem em situação de rua expressam a vontade de voltar a trabalhar, a capacitação é um dos caminhos encontrado para reinserí-los à sociedade.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

AGRO

MT aumenta área plantada de soja, mas deve produzir menos

Por fim, a produção total para a próxima colheita ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

Publicados

em

Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, menos que 2021. FOTO - Exame/Alexis Prappas

A área aguardada de soja para a próxima temporada no estado de Mato Grosso (safra 2022/23) ficou projetada em 11,13 milhões de hectares, incremento de 2,55% em relação à safra 2021/22.

A ampliação inicial está pautada pela valorização do preço da oleaginosa, demanda aquecida e o momento de preços favoráveis dos subprodutos da soja, o que motivou alguns produtores a fazerem a conversão de áreas de pastagens para agricultura, principalmente em regiões onde a pecuária predomina — Nordeste, Noroeste e Norte.

A informação foi divulgada, nos últimos dias, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da soja. Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, o que representa 1,26% abaixo em relação ao rendimento da safra 2021/22.

Apesar do recuo na estimativa, neste primeiro momento as projeções ficam limitadas,
devido a alguns pontos que podem impactar no decorrer da safra, como: condições climáticas e incertezas de investimento devido ao alto custo de produção.

Por fim, a produção total ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA