CUIABÁ

AGRO

Municípios da região norte disputarão em Colíder fase classificatória de competição escolar

Publicados

AGRO

Começam hoje sexta-feira (14) em Colíder (MT) a Etapa Regional dos Jogos Escolares da Juventude 2019 das delegações dos municípios da região norte do Estado. Até o dia 9 de junho, diferentes instituições de ensino públicas e particulares disputam a classificação para a fase Estadual da competição escolar, nas modalidades coletivas de futsal, basquete, handebol e vôlei. Considerada a maior competição escolar de Mato Grosso, sua realização movimenta os municípios que a sediam.

Em Colíder, a gestão municipal aguarda a chegada das delegações e o início dos Jogos com boas expectativas. “Já estamos organizando toda a infraestrutura há algum tempo para estarmos à altura de uma grande competição como essa. É uma competição que envolve desde a fase municipal à nacional, e isso faz os olhos dos jovens se encantarem com o esporte. Por aqui, a prefeitura não mede esforços para apoiar e impulsionar eventos de cultura e de esporte”, relata o secretário de Esporte, Cultura e Lazer de Colíder, Adriano Mendonça.

Cerca de 1.100 estudantes de 12 a 17 anos, divididos nas categorias A e B, participam das disputas nessa etapa regional, representando as escolas dos municípios de Alta Floresta, Apiacás, Carlinda, Colíder, Itaúba, Guarantã do Norte, Novo Mundo, Nova Monte Verde, Matupá, Nova Guarita, Nova Canaã do Norte, Nova Santa Helena, Nova Bandeirantes, Paranaíta,Peixoto de Azevedo e Terra Nova do Norte.

Leia Também:  Cuiabá não consegue vencer mais uma em casa e aumenta jejum

A abertura oficial do evento acontecerá hoje sexta-feira (14), às 19h, no ginásio de esportes “Fraternal” e contará com a presença do prefeito municipal de Colíder, Noboru Tomiyoshi, de representantes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e da Assessoria Pedagógica no município.

Até o dia 19, as disputas seguem no ginásio Fraternal, no Ginásio Fernando Alvim, na Associação Atlética Banco do Brasil, no Ginásio Roque Guedes e na quadra do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) de Colíder.

Encerramento etapa regional Oeste

Na quarta-feira (12), as escolas dos municípios de Araputanga, Cáceres, Curvelândia, Lambari D’Oeste, Mirassol D’Oeste, Poconé, São José dos Quatro Marcos e Várzea Grande, encerraram sua participação na etapa da região esportiva Oeste.

Sediada em Cáceres, a competição regional possibilitou, além do incentivo ao esporte educacional, o intercâmbio sociocultural entre mais de 500 estudantes da região.

O relatório completo da competição na região esportiva Oeste, com a classificação final por modalidade, gênero e idade, pode ser acessado aqui.

Leia Também:  Cuiabá não consegue vencer mais uma em casa e aumenta jejum

 

Fonte: MinutoMT com Assessoria 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

AGRO

MT aumenta área plantada de soja, mas deve produzir menos

Por fim, a produção total para a próxima colheita ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

Publicados

em

Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, menos que 2021. FOTO - Exame/Alexis Prappas

A área aguardada de soja para a próxima temporada no estado de Mato Grosso (safra 2022/23) ficou projetada em 11,13 milhões de hectares, incremento de 2,55% em relação à safra 2021/22.

A ampliação inicial está pautada pela valorização do preço da oleaginosa, demanda aquecida e o momento de preços favoráveis dos subprodutos da soja, o que motivou alguns produtores a fazerem a conversão de áreas de pastagens para agricultura, principalmente em regiões onde a pecuária predomina — Nordeste, Noroeste e Norte.

A informação foi divulgada, nos últimos dias, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da soja. Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, o que representa 1,26% abaixo em relação ao rendimento da safra 2021/22.

Apesar do recuo na estimativa, neste primeiro momento as projeções ficam limitadas,
devido a alguns pontos que podem impactar no decorrer da safra, como: condições climáticas e incertezas de investimento devido ao alto custo de produção.

Por fim, a produção total ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cuiabá não consegue vencer mais uma em casa e aumenta jejum
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA