CUIABÁ

CIDADES

H1N1 | Vacina será aberta para todos. Rondonópolis, está sem vacina.

Publicados

CIDADES

A Campanha de Vacinação contra a gripe exclusiva para os grupos prioritários acaba nesta sexta feira (31). A partir de segunda-feira (03) de junho, todo a população poderá procurar as unidades de saúde, nos municípios que ainda possuem doses disponíveis, para tomar a vacina contra a doença.

A medida segue orientação do Ministério da Saúde (MS). No entanto, a imunização será feita a partir das doses que sobraram da Campanha, ou seja, sem previsão de novas remessas aos estados e municípios.

Em vídeo o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirma que até o dia 31 os grupos prioritários que são o alvo da campanha têm a preferência para receber a dose da vacina, ainda em sua fala ele afirma que se caso os Estados tenham sobra da vacina ela estará disponível a toda população.

Rondonópolis (MT), depois da confirmação do Centro de Vigilância Epidemiológica de Rondonópolis de três  mortes nessa semana por suspeita de H1N1, ouve uma intensa procura pela dose da vacina entre a população prioritária.

Segundo a Vigilância Epidemiológica do Município, não há mais doses disponíveis para dar continuidade a vacinação e que aguardam informações por parte da Secretaria de Saúde do Estado.

Nesta sexta-feira (31) a redação do MinutoMT fez contato com o Ministério da Saúde que confirmou que não tem programação de envio de novas doses da vacina H1N1 aos estados.

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

A maior procura para a vacinação essa semana está entre as crianças, grupo que teve a menor taxa de vacinação no decorrer da campanha já que muitos pais e responsáveis deixou de levar a criança para receber a vacinação ou não autorizou a criança receber a dose na escola.

Grupos Prioritários estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS)

Crianças de seis meses até cinco anos, 11 meses e 29 dias,

Gestantes, puérperas até 45 dias após o parto;

Idosos acima de 60 anos,;

Populações indígenas;

Pessoas com doenças crônicas; (devem apresentar comprovante da existência da doença)

Reeducados e internos do sistema socioeducativo;

Professores, profissionais da saúde;

Dados de casos suspeitos de H1N1 em Rondonópolis desta sexta-feira (31)

Conforme dados da Vigilância Epidemiológica de Rondonópolis desta sexta-feira (31) a cidade tem três óbitos por suspeita de H1N1: o primeiro caso de um idoso residente em Rondonópolis registrado na segunda-feira (27), na UPA; o segundo, de uma mulher residente em Pedra Preta, registrado na quarta-feira (29), na Santa Casa de Misericórdia; e o terceiro registrado na noite de quinta-feira (30), de um homem residente em Rondonópolis.

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Ainda permanecem internadas, três pessoas com suspeita de H1N1: uma pessoa de Rondonópolis internada na Santa Casa; oura de Jaciara internada no Hospital Regional de Rondonópolis; e mais uma pessoa de Rondonópolis internada no Hospital Regional.

Sete pessoas receberam alta médica com suspeita de H1N1, que ainda aguardam resultados dos exames.

Resumo: Três óbitos: dois de Rondonópolis e um de Pedra Preta; três pessoas internadas; e sete pessoas com alta médica.

A Vigilância Epidemiológica reforça que os pacientes tiveram material coletado e encaminhado para o Lacen em Cuiabá e ainda aguarda os resultados dos exames

Casos de Gripe no Brasil

Neste ano, até 11 de maio, foram registrados 807 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza em todo o país, com 144 mortes. Até o momento, o subtipo predominante no país é o vírus influenza A (H1N1) pdm09, com registro de 407 casos e 86 óbitos.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza teve início no dia 10 de abril em todo o país. No primeiro momento, foram priorizadas as crianças e gestantes. A vacinação está aberta para todos os públicos desde o dia 22 de abril e encerra nesta sexta no dia 31 de maio.

Fonte: MinutoMT  / Cláudia Santos

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA