CUIABÁ

CIDADES

Ibama realiza operação em Mato Grosso contra caça e pesca ilegal

Publicados

CIDADES

As apreensões ocorreram no fim de maio, mas foram divulgadas esta semana, pelo instituto, que realizou a operação na região de Novo Santo Antônio e Ribeirão Cascalheira.

Durante as ações, foram identificados, também, ranchos irregulares construídos em Áreas de Proteção Permanente, as APP e pousadas funcionando sem respeitar as leis ambientais. Cinquenta pessoas foram flagradas em atividades irregulares.

Foram recolhidos 224 quilos do peixe pirarucu, um dos maiores peixes de água doce do planeta.

Além dos peixes, foram apreendidos anzóis de galho, uma caminhonete, varas, redes de pesca – as chamadas tarrafas – redes e caixas térmicas.

Como resposta às irregularidades encontradas, os agentes ambientais aplicaram 28 autos de infração.

Segundo a organização civil de defesa ambiental, WWF Brasil, a espécie do peixe pirarucu pode chegar a 3 metros de comprimento e corre risco de extinção, devido à caça predatória, porque a reprodução do animal é insuficiente para repor a quantidade de pirarucus pescados de forma irregular.

Em 2004, o Ibama chegou a proibir a pesca dessa espécie em alguns meses do ano e restringiu o tamanho do animal que podia ser pescado para comercialização.

As dezoito tartarugas, também apreendidas, foram devolvidas à natureza e o pescado, já morto, doado para projetos sociais em Novo Santo Antônio, em Barra do Garças e aldeias indígenas: tudo no estado do Mato Grosso.

A operação Rios Federais 2 foi deflagrada por agentes do Ibama, da Secretaria do Meio Ambiente, e a Polícia Militar do Estado, nas Unidades de Conservação Parque Estadual do Araguaia e Reserva de Vida Silvestre Quelônios do Araguaia, além da Terra Indígena Xavante.

 

Fonte: MinutoMT com Agencia Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA