CUIABÁ

CIDADES

Idosa morre de COVID-19 após tomar as duas doses de AstraZeneca em MT

Publicados

CIDADES

A idosa Tereza Izaltina de Campos Figueiredo, moradora antiga de Várzea Grande, morreu em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, nesta semana. Ela já havia tomado as duas doses da vacina Astrazeneca e testou positivo para o coronavírus no dia 30 de junho.

Desde então, ela vinha recebendo tratamento, mas seu quadro de saúde se agravou e ela faleceu no Pronto-Socorro de Cuiabá.  Segundo informações, ela também contraiu uma pneumonia e somado às complicações da Covid sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

Bastante religiosa e conhecida por sua participação ativa em eventos festivos que misturam fé e cultura, ela era moradora da Cohab Nossa Senhora da Guia, em Várzea Grande, onde ajudou a fundar a igreja São João Dom Bosco.

Conforme informações de pessoas próximas, dona Tereza foi internada no dia 3 deste mês, um sábado, e dois dias depois, na segunda-feira (5), precisou ser transferida para um leito de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), pois seu quadro de saúde se agravou.

Desde então, era acompanhada por profissionais que atendem vítimas da Covid e também por fisioterapeutas. Contudo, sofreu uma parada cardíaca que somada às complicações da Covid, faleceu na unidade de saúde da Capital.

A idosa foi uma das primeiras moradoras da Cohab Nossa Senhora da Guia, localidade onde era muito querida pelos demais moradores. Também se destacava por sua devoção e ações de caridade, voluntariado e eventos religiosos, dos quais participava ativamente. Ela será sepultada na tarde deste domingo (11) no do bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

COVID DEPOIS DA VACINA

Especialistas e autoridades em sanitária e em saúde explicam que mesmo após a vacina, as pessoas ainda podem ser infectadas pelo coronavírus. Isso pode acontecer porque nenhuma vacina disponível no mundo atualmente tem eficácia de 100% contra o vírus Sars-CoV-2, ou ou seja, não impede que uma pessoa seja infectada e passe a doença para outras. Contudo, os imunizantes possuem alta eficácia para evitar casos graves da doença.

Em reportagem sobre o assunto publicada no site da CNN, em 19 de maio deste ano, consta que as mortes por Covid-19 relatadas após a vacinação geralmente têm relação com outras doenças ou comorbidades existentes antes do diagnóstico de Covid-19.

“Indivíduos com comorbidades costumam ter o sistema imune debilitado. Por isso, em casos de óbitos entre pessoas que tomaram a vacina, deve ser levado em conta o histórico médico e de doenças, além do tempo de imunização. É importante avaliar cada caso, investigar as comorbidades e a faixa etária”, diz a publicação.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA