CUIABÁ

AGRO

PEDRA PRETA | Produtores recebem caminhão e motoniveladora

Publicados

AGRO

Na última sexta-feira (28), o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, esteve em Pedra Preta a convite do prefeito municipal Juvenal (MDB), o Ná, e dos vereadores Laudir Martarello (PSD), Professor Semy (PR) e Ronaldo, onde na oportunidade foi entregue um caminhão para atender a agricultura familiar do município e região.

De acordo com o deputado Nininho, o caminhão vai priorizar o atendimento às famílias dos assentamentos. “Esse veículo vai servir para transportar tanto a produção como ração para os animais e produtos para o manejo das propriedades, será de uso exclusivo dos pequenos produtores”, explicou o parlamentar.

Em resumo, o parlamentar aproveitou para lembrar a motoniveladora entregue dias atrás. “Graças ao apoio do deputado federal Neri Geller, temos conseguido atender de maneira eficiente algumas necessidades dos pequenos produtores”, pontuou Nininho.

O vereador Laudir destacou a importância do caminhão para as famílias assentadas. “Eu e o vereador Semy levamos a indicação ao deputado Nininho que, com agilidade, nos atendeu. Quero aproveitar e agradecê-lo pela atenção que tem com a nossa população”, agradeceu Laudir.

Leia Também:  Com vídeo íntimo vazado, vereadora em MT pensou em suicídio

Para o vereador Semy, uma das maiores dificuldades é o trabalho diário e dependência de recursos. “Depois que o assentado adquire a terra, o problema é como ele vai conseguir trabalhar, porque nem todos conseguem um financiamento para adquirir um maquinário, essa atenção com o segmento vai melhorar muito a produção”, destacou o vereador.

Por outro lado, Semy ainda lembrou a entrega de uma ambulância. “Recentemente, o distrito de São José do Planalto ‘Birro’ recebeu uma ambulância que está sendo muito útil para a população, também indicação do deputado Nininho”, lembrou Semy.

 

FONTE: Redação MinutoMT com informações da Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

AGRO

MT aumenta área plantada de soja, mas deve produzir menos

Por fim, a produção total para a próxima colheita ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

Publicados

em

Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, menos que 2021. FOTO - Exame/Alexis Prappas

A área aguardada de soja para a próxima temporada no estado de Mato Grosso (safra 2022/23) ficou projetada em 11,13 milhões de hectares, incremento de 2,55% em relação à safra 2021/22.

A ampliação inicial está pautada pela valorização do preço da oleaginosa, demanda aquecida e o momento de preços favoráveis dos subprodutos da soja, o que motivou alguns produtores a fazerem a conversão de áreas de pastagens para agricultura, principalmente em regiões onde a pecuária predomina — Nordeste, Noroeste e Norte.

A informação foi divulgada, nos últimos dias, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da soja. Sobre a produtividade, a estimativa foi estipulada em 58,62 saca/hectare, o que representa 1,26% abaixo em relação ao rendimento da safra 2021/22.

Apesar do recuo na estimativa, neste primeiro momento as projeções ficam limitadas,
devido a alguns pontos que podem impactar no decorrer da safra, como: condições climáticas e incertezas de investimento devido ao alto custo de produção.

Por fim, a produção total ficou projetada em 39,48 milhões de toneladas para o estado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mesmo com apelo a Lula, Tigresa é vetada também pelo PT nacional
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA