CUIABÁ

CIDADES

Pesquisas mostram que o brasileiro passa mais de nove horas do dia conectado

Publicados

CIDADES

Celular, laptop, rede social, e-mail, mecanismos de busca. Está passando tempo demais online? Pesquisas mostram que o brasileiro passa mais de nove horas do dia conectado. Temos cada vez mais tarefas a cumprir e a sensação de que não podemos perder nada do que acontece no mundo nos obriga a ficar conectados quase durante 24 horas, sete dias na semana. Por isso, cada vez mais, as férias são um momento para fugir da correria.

Uma dica para uma viagem mais desconectada é contar com os serviços de uma empresa como a Ambiental Turismo no planejamento e realização e de guias especializados em proporcionar experiências únicas.

Conheça 3 destinos para se desconectar! três destinos fabulosos em meio à natureza para quem que viajar para se desconectar.

Uma aldeia, muitas histórias No estado do Mato Grosso, bem perto da Serra do Roncador e do Rio das Mortes, fica a aldeia xavante Etenhiritipá.

“Ninguém respeita aquilo que não conhece. Precisamos mostrar a força, a beleza de nossa cultura. Só assim vão respeitar e admirar o que temos.” Esta frase de Wabuá Xavante, ancião da aldeia, reflete o conceito do Projeto Wazu ́ri ́wá, que possibilita aos turistas a visitar o local.

A iniciativa conta com a parceria da Ambiental que tem exclusividade na realização desta viagem. Ela visa a manutenção da tradição e de seu território e a valorização e divulgação do pensamento e modo de vida dos Xavante.

Aldeia Xavante

Nesse roteiro, durante cinco dias, os viajantes têm a chance de conhecer de perto todo o cotidiano da aldeia. Isso inclui experiências incríveis, como tomar banho de rio, presenciar os rituais conduzidos pelos homens e mulheres, acompanhar o dia a dia de um povo que guarda tradições centenárias e tem uma relação muito diferente com o tempo e a natureza.

Leia Também:  MT é só o 19º colocado no ranking de vacinação contra a COVID-19

Chapada dos Veadeiros: onde uma energia diferente paira no ar

Se a intenção é o descanso, (re)energização e (re)conexão consigo mesmo, uma ótima pedida é o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás. Localizado em uma área de 240,611 mil hectares, entre as cidades de Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma, São João d’Aliança e Alto Paraíso de Goiás é considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

A natureza pungente, com inúmeros rios, cachoeiras, espécies vegetais e animais, além de formações rochosas com mais de um bilhão de anos, já seriam grandes atrativos dali. As trilhas que conduzem a esses locais são um convite a um encontro com a natureza e consigo mesmo.

A região ainda foi adotada por muitos místicos e esotéricos de todo o mundo que consideram o parque um dos pontos de energia vital do planeta. Contribui muito para esta crença o fato de a região estar localizada sobre uma imensa placa de quartzo e a grande presença de cristais da região.]

Há diversos grupos com diferentes credos e práticas de bem estar que convivem ali de forma muito harmoniosa além de muitos centros de terapias alternativas.

Parque e deserto de um país chamado Namíbia

 

Namíbia

Uma festa para os olhos e um convite a se desligar de toda sorte de preocupação é o que se encontra na Namíbia, localizada na porção meridional do continente africano, dividindo fronteiras com a Angola, África do Sul, Botswana e Zâmbia. Aventuras não faltam neste local considerado um dos menos povoados do mundo.

Considerado uma das joias do país, com 23 mil quilômetros quadrados, o Parque Nacional Etosha é um refúgio de mais de 114 espécies de mamíferos: rinocerontes negros, elefantes, zebras, leões, gazelas e girafas; 340 de aves, como flamingos, abelharuco europeu, avestruz e abetarda-gigante; além de 16 de répteis.

Leia Também:  Criança de dois anos morre de Leishmaniose em Rondonópolis

Mesmo que haja wi-fi disponível, você certamente nem vai se lembrar de olhar seu celular, porque estará completamente envolvido pela beleza natural e selvagem do lugar. Outra atração é o Pan do Etosha – palavra que significa “grande lugar branco” na língua da tribo de Ovambo. Esta é uma gigante área recoberta por sal: são 120 quilômetros de comprimento e 72 quilômetros de largura, abrangendo cerca de 25% do território do parque.

 

Namíbia

São paisagens incríveis, de um mundo extremo, a que nossos olhos estão pouco acostumados. A sensação de nunca ter visto uma beleza como aquela certamente vai emocionar você. E o que dizer do deserto mais antigo do mundo, com cerca de 43 milhões de anos? Localizado ao longo de toda costa do país, é composto pelas dunas mais altas do planeta, criadas por ventos muito fortes. A beleza da paisagem se completa com o jogo de luz e sombra provocado pela movimentação do sol e que vai dando a impressão de que as cores da areia mudam de cor. Estar em meio à natureza é sempre um convite ao descanso, ainda mais para quem vive em grandes cidades.

Em qualquer um desses destinos, há grandes chances de você simplesmente se esquecer de que, na vida cotidiana, precisa tanto de internet, computadores, celulares e outras tecnologias. A natureza vai suprir todas as suas curiosidades!

 

Fonte: MinutoMT com Ambiental Turismo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Leia Também:  Criança de dois anos morre de Leishmaniose em Rondonópolis

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA