CUIABÁ

CIDADES

PF deflagra operação contra fraudes bancárias em Mato Grosso e Goiás

Publicados

CIDADES

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (25/10), a operação Segurança Digital para desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes bancárias. O crime, segundo a investigação, acontecia pela internet. São cumpridos mandados em Goiás e no Mato Grosso.

Há a suspeita de que a quadrilha tenha desviado pelo menos R$ 2 milhões. A investigação teve início depois de a Caixa Econômica Federal ter identificado um suposto esquema de alteração de dados em boletos bancários.

As alterações de dados, conforme relatou a PF, teriam como intuito o redirecionamento à organização criminosa da quantia objeto de pagamento pelo devedor, em prejuízo ao real credor do boleto, à Caixa Econômica Federal e ao próprio autor do pagamento.

A PF cumpre, nesta manhã, sete mandados de busca e apreensão em Goiânia, Cuiabá, Pontes e Lacerda. São mais de 30 agentes federais envolvidos na operação.

SERVIÇOS

A Cyxtera listou exemplos de chatbots que foram transformados em máquinas de fraude. Confira abaixo:

1) Cyber Torture

Com o Cyber Torture, os fraudadores atacam o próprio mecanismo de bate-papo, enviando perguntas complicadas ou inserindo comandos de consulta ao banco de dados para hackear o motor e acessar as informações de identificação pessoal armazenadas. Chatbots desprotegidos podem responder a consultas SQL ou perguntas como “Quem é você?” de uma forma que permite que os atacantes descubram a arquitetura por trás da janela de bate-papo, dando-lhes acesso a informações privilegiadas, como números de conta, número de identidade, nome de usuário e combinações de senhas, que, por sua vez, podem ser usadas contra a organização e seus clientes.

2) Data Sniffing

Os chatbots têm acesso a informações privilegiadas, e os fraudadores querem ter acesso a esses dados sensíveis. Grampeando o canal de comunicação entre o chatbot e o usuário, exatamente como em um ataque man-in-the-middle, um invasor pode interceptar as mensagens e receber diretamente as informações de identificação pessoal fornecidas na conversa.

3) Falsificação de identidade

Muitos chatbots funcionam como aplicativos móveis, e os fraudadores estão inundando as app stores com programas falsos, que usam nomes de marcas legítimas, a mesma aparência e o mesmo look-and-feel, para oferecer mecanismos fraudulentos de tirar dos usuários informações sensíveis sem que eles se deem conta. “O problema é agravado pela dificuldade que a maioria dos usuários têm de saber a diferença entre um chatbot bem intencionado em uma página legítima e um com fins maliciosos”, explica Villadiego. “Adware e injeções web ajudam os atacantes a criar sites e aplicativos convincentes e podem até permitir que eles exibam uma janela pop-up inesperada, com um chatbot falso, em um site legítimo”, completa.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA