CUIABÁ

CIDADES

UFMT arrecada mais de 80 mil medicamentos com Farmácia Solidária

Publicados

CIDADES

O projeto acontece na cidade de SINOP através de parceria com a prefeitura.

O projeto Farmácia Solidária, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT/Sinop), em parceria com a Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e o Rotary Teles Pires, tem mostrado resultados positivos e de grande aceitação pela população. Segundo dados contabilizados pela unidade, até dezembro de 2018 o projeto realizou 483 atendimentos, com 19.896 itens/medicamentos entregues à comunidade. No total, foram 88.895 itens arrecadados.

O secretário de Saúde, Gerson Danzer, conta que existe um convênio entre as instituições e o município para o andamento do projeto. “Uma das vantagens é que como a Farmácia Solidária recebe doações. Com isso, ela consegue ofertar uma diversidade de medicamentos caros e de forma gratuita e que não estão na Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (REMUME), nem na Farmácia de Alto Custo do Estado”, explica Gerson.

A farmácia sobrevive com a colaboração dos munícipes que deixam os medicamentos que não estão utilizando nos pontos de coletas. Atualmente, o projeto tem caixinhas sinalizadas com esta ação em todas as Farmácias Regionais do município, nos hospitais Santo Antônio, Dois Pinheiros e Maternidade Jacarandás, nas duas unidades do supermercado Casa Aurora e na UFMT.

De acordo com o farmacêutico da Farmácia Solidária, Maycon de Paula Ribeiro Torres, alunos de farmácia, coordenados por farmacêuticos do projeto, realizam um processo de triagem em todos os medicamentos que chegam até a unidade e que, posteriormente, poderão ser repassados de forma gratuita à comunidade. “Primeiramente, é observada a data de validade e, posteriormente, estado de conservação de cada item para ver se os medicamentos estão aptos para o consumo ou se devem ir para o descarte”, explica Maycon.

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Ele orienta a todos os populares a deixarem até mesmo os medicamentos fora do prazo de validade nas caixinhas, assim, estes itens receberão o descarte correto de acordo com as leis ambientais, evitando o risco de serem dispensados no lixo doméstico. Todos os comprimidos são aceitos, mesmo que estejam com a caixinha aberta, porém, são certificados para o consumo e se mantém com os blisters intactos. Já os medicamentos líquidos e pomadas apenas serão repassados se estiverem lacrados, evitando qualquer forma de contaminação.

O professor e diretor do Instituto Ciência da Saúde, da UFMT, Guilherme Luz Emerick, relata que o projeto, além de beneficiar a população, faz um excelente trabalho com os universitários e que aprendem, com qualidade, o processo que é feito desde a recepção dos medicamentos, a entrega aos pacientes até a orientação correta para utilizá-los. “Também estamos fazendo uma parceria com o curso de medicina, para melhorar ainda mais projeto. Já existe um procedimento onde são passadas as listas de medicamentos para os médicos. Assim eles passam a ter conhecimento da nossa disponibilidade de remédios e podem direcioná-los para quem realmente precisa”, conta Guilherme. O professor também esclarece que os medicamentos com substâncias de controle especial ainda não estão disponíveis para a população porque aguardam uma liberação da Vigilância Sanitária.

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Para o coordenador da farmácia, Jeandson da Silva Carneiro, a parceria da prefeitura é essencial para o funcionamento do projeto. “O município sempre se colocou a disposição de ajudar. Eles cederam o espaço para a implantação da farmácia”, conta ao ilustrar que a Farmácia Solidária fica localizada Unidade Básica de Saúde Cidade Jardim, próxima ao Centro de Eventos Dante de Oliveira, e atende de segunda a sexta-feira das 8h às 11h.

Desde que foi inaugurada, em maio de 2018, tem recebido doações de diversos medicamentos que, por sua vez, são repassados à população, sob receita médica, sem nenhum custo.

RECONHECIMENTO

Em setembro de 2018, o projeto recebeu uma moção de aplauso, de autoria do vereador Célio Garcia (DEM), como forma de homenagem a Jeandson da Silva Carneiro e Morenna Alana Giordani, por idealizar e coordenar Farmácia Solidária no município.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA