CUIABÁ

CIDADES

Vacina contra a gripe em Rondonópolis tem baixa adesão de crianças, ´Pode levar a óbito´

Publicados

CIDADES

A cobertura vacinal contra a gripe alcançou 45% do público-alvo no país após o Dia D da campanha, promovido no último sábado (4). Segundo balanço do Ministério da Saúde, 5,5 milhões de pessoas foram imunizadas no dia de mobilização nacional, totalizando 26,9 milhões de pessoas vacinadas. O público-alvo é de 59,5 milhões e a meta é alcançar 90% de imunização em todo o país. A vacina está disponível nos postos de saúde e a campanha segue até 31 de maio.

No Mato Grosso a meta é imunizar 846.185. Em Rondonópolis (MT) a meta é vacinar 56.159 pessoas que fazem parte dos grupos de prioridade. Até hoje (10), 40.714 pessoas foram vacinadas ou seja 76,02 % da meta do município foi alcançada, o objetivo e passar dos 100% até o dia 31 de maio, último dia da campanha, observou Magda Rosa de Lima, da Secretaria de Saúde.

Ainda segundo dados repassados pela vigilância epidemiológica por meio da enfermeira responsável pela Imunização, o grupo de maior cobertura vacinal foram os idosos, com 86,86% de cobertura. Em segundo lugar fica o grupo de gestantes com 77,57%, seguido de 74,73% de pessoas com doenças crônicas, 71,33% pós-parto de até 45 dias, em quinto lugar ficam os trabalhadores da saúde com 64,06%.

Leia Também:  MT é só o 19º colocado no ranking de vacinação contra a COVID-19

Magda, conta que o grupo de menor cobertura foram as crianças com 57,79%. “Olhando para o número parece que está tudo bem, mas não, a baixa procura por parte dos responsáveis é preocupante, é valido lembrar que a Influenza pode levar a óbito, é necessário que as crianças abaixo de seis anos tomem a vacina, porque caso venham a contrair o vírus sem estarem imunizadas, o risco de vida é alto”, alerta a enfermeira.

Magda Rosa, enfermeira chefe da Imunização em Rondonópolis

Outro grupo que chama a atenção pela baixa procura são a dos profissionais da saúde, a meta é imunizar 7.775 profissionais e até agora apenas 4.941 que corresponde a 69,06% procuraram uma das 52 unidades de vacina do município. “É valido lembrara que são esses profissionais mais vulneráveis a contrariar o vírus, visto que são eles que diariamente convive com pacientes com diferentes problemas de saúde”, conta Magda Rosa.

Vale lembrar que a meta do município é estabelecida pelo Ministério da Saúde com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia Também:  MT é só o 19º colocado no ranking de vacinação contra a COVID-19

Ainda em Rondonópolis os dados da população privada de liberdade e profissionais envolvidos com os trabalhos carcerários e população indígena não foram disponibilizados.

Em Pedra Preta (MT) ate essa quinta-feira (10), 65,64% da meta de vacinação foi cumprida, dentre os grupos prioritários os profissionais da saúde foram os que compareceram com maior incidência nas unidades de saúde para a vacinação totalizando 73,31% da meta.

Guiratinga (MT), a meta estipulada para 2019 era vacinar 3.750 do grupo prioritário que inclui crianças abaixo de seis anos, gestantes, pós-parto até 45 dias, portadores de doenças crônicas, idosos, trabalhadores da saúde e professores. Destes, o grupo com maior cobertura foram os profissionais da educação que alcançaram 87,25% de imunização.

Já em Itiquira (MT), os idosos foi o grupo de maior percentual vacinados, foram 103,71% de um total de 811 idosos aptos a tomar a dose da vacina contra a Influenza no município. Em Primavera do Leste (MT) 87,54% da  meta já foram vacinados até a manhã de hoje (10).

 

 Fonte: Por Cláudia Santos

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Leia Também:  MT é só o 19º colocado no ranking de vacinação contra a COVID-19

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA