CUIABÁ

ELEIÇÕES 2022

Mais de 191 mil eleitores devem ficar impedidos de votar em MT

Número seria suficiente para eleger, com muita folga, um deputado federal pelo estado. Prazo para regularização termina dia 4

Publicados

COTIDIANO

Só em Cuiabá, são mais de 72 mil eleitores "pendurados"

Mais de 191 mil eleitores ainda estão impedidos de votar nas eleições deste ano em Mato Grosso porque tiveram os títulos cancelados, entre outros motivos, por ausência e falta de justificativa em três pleitos seguidos ou por não terem feito a revisão biométrica junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A regularização se encerra no próximo dia 4 para aptidão ao pleito de 2022.

Apenas em Cuiabá e Várzea Grande, que são os dois maiores colégios eleitorais do Estado – representando, juntos, quase 25% de todo o eleitorado mato-grossense –, são 107,8 mil títulos cancelados, conforme dados do TRE. A capital, que concentra mais de 396 mil eleitores, tem 72.884 títulos barrados nestas eleições.

Em Várzea Grande, onde o eleitorado é de mais de 196 mil, há 34.924 pessoas em situação irregular junto à Justiça Eleitoral. O número é expressivo e impacta nas eleições, principalmente nas disputas proporcionais – ou seja, para a Assembleia Legislativa e a Câmara Federal –, no caso dos candidatos que possuem base eleitoral na Baixada Cuiabana.

“Perdão” do TSE

Mato Grosso tem pouco mais de 2,72 milhões de eleitores. Atualmente, há um total de 298.230 títulos cancelados nos 141 municípios do Estado – a maioria, por falta de revisão biométrica. No entanto, decisão do Tribunal Superior Eleitoral irá permitir “dar baixa” a aproximadamente 107 mil eleitores de 53 municípios que estão em situação irregular, permitindo a eles que votem nas eleições deste ano, retornando à condição de cancelados após o pleito.

Leia Também:  Piloto agrícola cai com avião e sobrevive no interior de MT

A medida, conforme a Justiça Eleitoral, será automática contempla eleitores de municípios onde a revisão biométrica teve início em 2019 e 2020, ou seja, durante a pandemia da Covid-19, e a Corte Superior entendeu que a população dessas cidades foram prejudicadas.

Já no caso de cidades como Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Sinop, por exemplo, que concentram parte expressiva do eleitorado (veja a tabela no final da matéria), a decisão do TSE não se aplica porque a revisão biométrica teve início antes da pandemia.

Nesses municípios, os eleitores que não fizeram o cadastramento biométrico precisam comparecer à Justiça Eleitoral para regularizar a situação, se quiserem votar neste ano. O prazo se encerra no dia 04 de maio.

Quem se beneficia

Em Mato Grosso, serão contemplados com a suspensão provisória do cancelamento eleitores dos seguintes municípios: Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Araputanga, Arenápolis, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Canarana, Cláudia, Colíder, Diamantino, Guarantã do Norte, Guiratinga, Mirassol D’Oeste, Nova Xavantina, Pedra Preta, Peixoto de Azevedo, Poxoréu, São José do Rio Claro, São José dos Quatro Marcos, Sapezal, Sorriso, Tangará da Serra, Vera, Cotriguaçu, Porto Alegre do Norte, Vila Rica, Alto Garças, Dom Aquino, Alto Taquari, Paranaíta, Tapurah, Matupá, Nova Olímpia, Juscimeira, Itiquira, Santa Rita do Trivelato, Glória do Oeste, Itanhangá, Itaúba, Santa Carmem, Pontal do Araguaia, Lambari D’Oeste, Santo Antônio do Leste, Figueirópolis D’Oeste, Denise, Curvelândia, Tesouro, Ipiranga do Norte, Nova Monte Verde e Alto Boa Vista.

Leia Também:  Lotofácil faz mais um milionário em Mato Grosso

Eleitorado e títulos cancelados

Confira na tabela abaixo o número de eleitores que existem nos quatro principais colégios eleitorais de Mato grosso e quantos estão com os títulos cancelados até o momento, por falta de regularização:

 

Município Total de eleitores Títulos cancelados % que representa do eleitorado no Estado
Cuiabá 396.279 72.884 17,4%
Várzea Grande 168.179 34.924 7,4%
Rondonópolis 159.482 14.002 7%
Sinop 100.699 10.335 4,4%

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

COTIDIANO

Lotofácil faz mais um milionário em Mato Grosso

O morador de Barra do Garças acertou sozinho os 15 números do concurso 2.564 da Lotofácil, realizada na noite de ontem (5), em São Paulo.

Publicados

em

As dezenas premiadas foram: 02 - 04 - 06 - 07 - 08 - 11 - 15 - 16 - 17 - 18 - 21 - 22 - 23 - 24 - 25.  FOTO - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Uma aposta de Barra do Garças, em Mato Grosso, acertou os 15 números do concurso 2.564 da Lotofácil, realizada na noite de ontem (5) em São Paulo. O vencedor vai garantir a bolada de R$ 1.556.317,42.

As dezenas premiadas foram: 02 – 04 – 06 – 07 – 08 – 11 – 15 – 16 – 17 – 18 – 21 – 22 – 23 – 24 – 25.

Demais faixas premiadas

  • 14 acertos: 201 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 1.623,51;
  • 13 acertos: 9.755 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 25
  • 12 acertos: 102.792 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 10
  • 11 acertos: 570.055 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 5.

O próximo concurso será nesta quarta (6). O prêmio é estimado em R$ 1,5 milhão. Nas últimas semanas, um outro apostador do interior de Mato Grosso já tinha, igualmente, ganhado sozinho na mesma loteria, que já se tornou a mais popular da Caixa Econômica Federal – CEF.

Leia Também:  Lotofácil faz mais um milionário em Mato Grosso

Para apostar na Lotofácil

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos.

Para jogar online, é necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito. A condicionante da aposta registrada virtualmente é que o valor mínimo de aposta é R$ 30,00.

Como jogar?

Na Lotofácil, o apostador marca entre 15 e 20 números, dentre os 25 disponíveis no volante, e fatura prêmio se acertar 11, 12, 13, 14 ou 15 números.

O apostador pode ainda deixar que o sistema escolha os números por meio da ‘surpresinha’, ou concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos por meio da ‘teimosinha’.

A aposta mínima, de 15 números, custa R$ 2,50 e os sorteios são realizados de segunda-feira a sábado, às 20h.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA