CUIABÁ

PEDIRAM VAIA À DUPLA EM MT

Sem contratar, Prefeitura anuncia show de Patati Patatá e cria confusão

Famosa dupla de palhaços, que estava na cidade, havia fechado contrato para um projeto educacional e não para se apresentar

Publicados

COTIDIANO

Os artistas ainda se dispuseram a cantar quatro músicas para não frustrar público.

A dupla de palhaços, Patati Patatá, uma das mais famosas do país no setor, viveu uma situação constrangedora durante o evento de aniversário de Guarantã do Norte, no último final de semana. Eles foram vaiados porque apresentaram apenas quatro músicas, frustrando o público.

Para piorar, uma pessoa ligada ao prefeito subiu no palco para aliviar a barra do patrão e incitar o público a criticar a performance dos artistas, puxando inclusive uma vaia aos dois. “O prefeito [Érico Stevan] pediu para lhe dizer o seguinte: ele vai rever o contrato, o pagamento do Patati e Patata, que ele também achou que foi uma falta de respeito”, anunciou.

A dupla de palhaços, porém, deu sua explicação para o que ocorreu. Segundo a empresa Rinaldi Produções, que detém a marca Patati Patatá, a Prefeitura teria “descumprido” o contrato que fechou com a produtora, já que o documento que envolve R$ 332.820,00 os contratava apenas para um projeto educacional nas escolas do Município e não um show.

Em uma nota extensa, a Rinaldi Produções explicou que não havia contrato para apresentação musical. “Mesmo assim, para diminuir a frustração da população que estava esperando pelo Patati Patatá, depois da divulgação ilícita por parte da Prefeitura, o Patati Patatá, mesmo sem os componentes oficiais de seu show, tais como o cenário lúdico, o ballet e outros personagens que compõem o show, e sem o seu equipamento técnico de iluminação e som, considerando que os artistas estavam na cidade apenas para esta participação no projeto pedagógico (…), Patati Patatá colocou-se a disposição para apresentar quatro músicas no palco”, diz um trecho da nota.

A empresa diz que tomará medidas cabíveis contra a Prefeitura, que preferiu manter o silêncio sobre o caso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Defensoria Pública de MT abre 20 vagas de quase R$ 25 mil
Propaganda

COTIDIANO

Lotofácil faz mais um milionário em Mato Grosso

O morador de Barra do Garças acertou sozinho os 15 números do concurso 2.564 da Lotofácil, realizada na noite de ontem (5), em São Paulo.

Publicados

em

As dezenas premiadas foram: 02 - 04 - 06 - 07 - 08 - 11 - 15 - 16 - 17 - 18 - 21 - 22 - 23 - 24 - 25.  FOTO - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Uma aposta de Barra do Garças, em Mato Grosso, acertou os 15 números do concurso 2.564 da Lotofácil, realizada na noite de ontem (5) em São Paulo. O vencedor vai garantir a bolada de R$ 1.556.317,42.

As dezenas premiadas foram: 02 – 04 – 06 – 07 – 08 – 11 – 15 – 16 – 17 – 18 – 21 – 22 – 23 – 24 – 25.

Demais faixas premiadas

  • 14 acertos: 201 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 1.623,51;
  • 13 acertos: 9.755 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 25
  • 12 acertos: 102.792 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 10
  • 11 acertos: 570.055 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 5.

O próximo concurso será nesta quarta (6). O prêmio é estimado em R$ 1,5 milhão. Nas últimas semanas, um outro apostador do interior de Mato Grosso já tinha, igualmente, ganhado sozinho na mesma loteria, que já se tornou a mais popular da Caixa Econômica Federal – CEF.

Leia Também:  Lotofácil faz mais um milionário em Mato Grosso

Para apostar na Lotofácil

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos.

Para jogar online, é necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito. A condicionante da aposta registrada virtualmente é que o valor mínimo de aposta é R$ 30,00.

Como jogar?

Na Lotofácil, o apostador marca entre 15 e 20 números, dentre os 25 disponíveis no volante, e fatura prêmio se acertar 11, 12, 13, 14 ou 15 números.

O apostador pode ainda deixar que o sistema escolha os números por meio da ‘surpresinha’, ou concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos por meio da ‘teimosinha’.

A aposta mínima, de 15 números, custa R$ 2,50 e os sorteios são realizados de segunda-feira a sábado, às 20h.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA