CUIABÁ

QUATROS JOGOS SEM VENCER

Cuiabá não consegue vencer mais uma em casa e aumenta jejum

Com o resultado, Cuiabá e Inter ocupam posições intermediárias na classificação. O Dourado tem 8 pontos e o Colorado soma 10.

Publicados

Esportes

Valdívia anotou o gol mato-grossense contra seu ex-clube, na Arena Pantanal

O Cuiabá empatou com o Internacional em 1 a 1 na noite de ontem (21), na Arena Pantanal, e chegou a 4 jogos sem vencer no Brasileirão.

Com o resultado, Cuiabá e Inter ocupam posições intermediárias na classificação. O Dourado tem 8 pontos e o Colorado soma 10.

A ‘lei do ex’ apareceu na Arena Pantanal. Valdivia, que despontou para o futebol pelo Inter, enfrentou o clube pela primeira vez e fez o gol do Cuiabá, mas foi insuficiente. O Colorado buscou empate com gol de De Pena.

O jogo foi repleto de confusões no segundo tempo. Além da expulsão de João Lucas, no lance do pênalti que ocasionou o gol de empate do Inter, o técnico interino, Luiz Fernando Iubel e o meia Rafael Gava, que estava no banco, também levaram o vermelho.

O Cuiabá volta a campo na quinta-feira (26) para encarar o Melgar (PER) pela Sul-Americana. Pela mesma competição, o Internacional joga na terça-feira (24) contra o Guaireña (PAR).

O Jogo

Valdivia foi a principal figura do primeiro tempo, reclamou um pênalti não marcado e quase fez um golaço. Na etapa final, em cobrança de falta, abriu o placar.

Leia Também:  Cuiabá vive perigosa fase de "jogar bem" e não vencer jogos

O empate do Inter aconteceu em um lance revisado pelo VAR. Em cobrança de escanteio, Gabriel Mercado cabeceou e foi atingido por João Lucas.

Após ser alertado pelo árbitro de vídeo, o juiz da partida marcou pênalti e ainda expulsou o jogador do Cuiabá, que já tinha amarelo. De Pena igualou o placar.

Já eliminado da Copa do Brasil, Sul-Americana e só com o Brasileirão pela frente, o Dourado tenta reagir para fugir de uma briga direta contra o rebaixamento.

O clube ainda procura um técnico, após demitir Pintado

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Técnico do Cuiabá pressiona diretoria por reforços para evitar série B

O Dourado está há quatro jogos sem vencer e amarga uma sequência ruim na zona de rebaixamento, na 18ª colocação, com 13 pontos.

Publicados

em

António Oliveira é elogiado por jogadores, mas ainda não conseguiu deslanchar no campeonato

O técnico António Oliveira afirmou nesta sexta (1º) que a diretoria do Cuiabá está ciente das necessidades do clube para a sequência da temporada. O treinador disse que já conversou com os dirigentes do time e agora aguarda as tomadas de decisões. Uma delas é referente a contratações de mais jogadores para a continuidade do Brasileirão, onde atualmente o Dourado está dentro da zona de rebaixamento.

Durante coletiva na manhã de hoje (1) no CT do Dourado, o professor auriverde afirmou que a relação com o presidente do clube é a melhor possível. Questionado sobre possíveis novas chegadas de jogadores na próxima janela, António deixou claro que o dirigente da equipe sabe o que deve ser feito para o bem do clube.

“A minha relação é a melhor de todas, como já disse, o presidente sabe o que eu penso, e se nós queremos dar essa oportunidade à equipe, para podermos fazer um resto de campeonato mais tranquilo e almejar talvez outros objetivos, basicamente agora sabemos o que devemos alterar, mudar, trazer, e o presidente já sabe. Agora o que me compete é continuar a trabalhando e a direção fazer o seu papel”, disse o treinador.

Leia Também:  Técnico do Cuiabá pressiona diretoria por reforços para evitar série B

Nos últimos dias a diretoria do Cuiabá chegou a negociar com o meia-atacante Yerson Chacón, de 19 anos, do Deportivo Táchira, da Venezuela, mas a negociação entre as partes não avançou. O jogador é considerado promessa no futebol  venzuelano. Há expectativas para chegada de novos atletas no CT do Dourado, isso porque o segundo período da janela nacional de transferências começa em 18 de julho e termina em 15 de agosto.

Enquanto isso, o Cuiabá segue se preparando para o próximo compromisso no Brasileirão. De olho no Avaí, a equipe realiza hoje de manhã o último treino em seu CT antes de viajar à Santa Catarina para o duelo de domingo. O Dourado está há quatro jogos sem vencer no campeonato e amarga uma sequência ruim na zona de rebaixamento, quando ocupa a 18ª colocação, com 13 pontos.

António afirmou que o torcedor auriverde pode esperar um Cuiabá forte para o jogo de domingo, que vai em busca da vitória para voltar a vencer no campeonato e tentar deixar a zona de perigo. “O torcedor pode esperar um Cuiabá forte, dentro das suas matrizes, e que vai tentar buscar os três pontos nessa e em todas outras partidas até o final da temporada”, destacou.

Leia Também:  Cuiabá vive perigosa fase de "jogar bem" e não vencer jogos

Com 18 pontos e na 11ª colocação, o Avaí recebe o Cuiabá no domingo (03), às 11h (de Brasília), no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 15ª rodada do Brasileiro. A partida terá transmissão pelo Premiere.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA