CUIABÁ

GASTOU R$ 66 MILHÕES

Na série A, Cuiabá faturou R$ 63 milhões e ainda teve prejuízo

O documento detalha ainda que a dívida atual do representante mato-grossense na Série A é de R$ 12 milhões

Publicados

Esportes

Só com receitas com bilheteria e sócio-torcedor, o Cuiabá chegou a R$ 6,2 milhões

Um relatório elaborado pela XP Investimentos e a empresa de consultoria Convocados fez um raio-x das finanças dos principais times de futebol brasileiro, incluindo o Cuiabá.

O documento mostra que o Dourado vivenciou nos últimos anos um grande aumento nas receitas, que saltaram 188% entre 2020, quando o time ainda estava na Série B.

Em 2021, quando disputou série A pela primeira vez, o clube de Mato Grosso saltou de R$ 22,1 milhões para R$ 63,7 milhões, praticamente 200% de aumento.

Apesar do incremento nas receitas, o time terminou o ano passado com prejuízo de R$ 2,6 milhões, uma vez que as despesas também cresceram na elite, ficando em R$ 66,3 milhões no ano passado.

O documento detalha ainda que a dívida atual do representante mato-grossense na Série A é de R$ 12 milhões. “Aumento expressivo de receitas em função de disputar a Série A. Crescimento de receitas com publicidade e patrocínio”, diz o relatório.

“Custos para jogar a Série A cresceram consideravelmente, o que fez com que a geração de caixa (EBITDA) fosse negativa sob as duas óticas”, considerou.

O faturamento com direitos de transmissão do Cuiabá saltaram de R$ 11 milhões, em 2020, para R$ 39,9 milhões, um aumento 262% no período de um ano. Já as receitas com publicidade e marketing, foram de R$ 8,8 milhões para R$ 22 milhões, alta de 150%.

Leia Também:  Elenco do Cuiabá vibra com fim de jejum e vitória fora de casa

Ainda conforme o relatório, as receitas com bilheteria e sócio torcedor chegaram a R$ 6,2 milhões. O estudo não traz informações sobre esses itens em anos anteriores.

“Clube que não tinha dívidas passou a tê-las, reflexo da geração negativa de caixa e do aumento nos investimentos. Ainda assim é pouco significativa”, conclui o relatório.

O relatório ainda informa que no quesito “o que deu certo” constam desempenho esportivo e aumento de receitas. E no “o que não funcionou”, aponta custos elevados e geração negativa de receita.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Elenco do Cuiabá vibra com fim de jejum e vitória fora de casa

O Dourado chegou a ficar, temporariamente, fora da zona da degola, mas acabou retornando com as vitórias, mais tarde, de América-MG e Coritiba

Publicados

em

Time comandado pelo português, António Oliveira, abandonou série incômoda sem vitórias

Após quatro partidas sem vencer, o Cuiabá virou para cima do Avaí por 2 a 1 e garantiu os primeiros três pontos sob o comando do técnico António Oliveira, neste domingo (3), jogando no Ressacada.

Eduardo abriu o placar para o Leão da Ilha e Valdívia fez valer a lei do ex e empatou o duelo. O zagueiro Joaquim fez seu primeiro gol pelo Dourado e carimbou a vitória, em sua segunda participação com a equipe.

Com o resultado, o time catarinense se mantém no meio da tabela com 18 pontos e o auriverde chegou a ficar, temporariamente, fora da zona de rebaixamento, mas acabou retornando com as vitórias, mais tarde, de América-MG e Coritiba, pra a temida 18ª posição.

Todavia, o triunfo no sul serviu de motivação para o elenco, que postou foto mostrando empolgação após a conquista dos três pontos.

O Jogo

A primeira etapa da partida se encerrou com cinco finalizações para cada lado. Apesar dos números, o Avaí se manteve melhor posicionado no ataque e abriu o placar com Eduardo.

O gol saiu aos 30 minutos quando Morato arriscou forte chute de longe com Walter espalmando a bola para o meio da área. O camisa 22 do Avaí aproveitou a chance e balançou as redes.

Leia Também:  Elenco do Cuiabá vibra com fim de jejum e vitória fora de casa

O Dourado voltou para o segundo tempo mais agressivo, conseguindo superar as dificuldades ofensivas que permaneceram com a equipe nos primeiros quarenta e cinco minutos.

O empate saiu de um belo chute do meia Valdívia, que dominou no peito e finalizou de longe após a zaga do seu ex-clube afastar mal. A bola toca na trave antes de entrar e mata o goleiro Douglas.

Com pressão ofensiva e após várias chegadas ofensivas, o Auriverde virou a partida com zagueiro Joaquim Henrique aproveitando rebote da cabeçada de Rodriguinho, que subiu livre e cabeceou para Douglas espalmar para dentro da pequena área.

Joaquim se esticou mais que a marcação e empurrou para o fundo das redes. Esse foi o primeiro tento do jovem defensor que fez sua segunda partida como titular com a equipe.

A virada no Ressacada garantiu a primeira vitória do técnico português, António Oliveira, que parece já ter conquistado a confiança do elenco. O próximo compromisso do Dourado será no domingo, 10, contra o Botafogo, na Arena Pantanal.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA