CUIABÁ

Geral

Cuiabá recebe a maior feira de atacadistas e varejistas do Centro-Oeste

Publicados

Geral

Evento deve atrair 12 a 15 mil pessoas por dia, com palestras, oficinas e expositores ligados ao varejo e comércio atacadista.

A Expo-Ecos 2019 – Encontro Centro-Oeste dos Supermercadistas, Atacadistas, Distribuidores, Indústria e Food Service, que já movimentou muitos negócios entre varejistas e atacadistas de Mato Grosso e de outros estados, volta a acontecer este ano em Cuiabá, entre os dias 04 e 06 de junho, no Centro de Eventos do Pantanal.

A realização é uma parceria de quatro entidades: Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), Associação Matogrossense de Atacadistas e Distribuidores (Amad), Sindicato do Comércio Atacadista Distribuidor de Mato Grosso (Sincad-MT) e Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Estado de Mato Grosso (Sincovaga). A expectativa dos organizadores é movimentar de 12 a 15 mil pessoas por dia no evento.

Segundo o presidente da Asmat, Alessandro Morbeck, um dos grandes incentivadores para que o evento voltasse a acontecer, ele sempre era indagado sobre a realização da feira em Mato Grosso ao visitar exposições em outros estados. “É um assunto que há tempos estamos discutindo e a parceria entre as entidades permitiu que tirássemos o sonho do papel. Nosso objetivo é gerar debates que colaborem com a cadeia do autosserviço e apresentar novas tecnologias aos empresários do setor. Para isso, uma vasta programação está sendo feita para que seja um grande evento, com integração de fornecedores e supermercadistas do interior e da Capital”, comentou.

O interesse do setor pela Expo-Ecos também foi comentado pelo presidente da Amad, João Carlos Sborchia. “Estamos bastante entusiasmados com a realização da Expo-Ecos, em especial pela geração de negócios, empregos e renda no Estado, ao mesmo tempo que os setores se sentirão prestigiados. Vamos trabalhar juntos para que o evento seja um sucesso”, garantiu.

Para o presidente do Sincad-MT, Sebastião dos Reis Gonçalves (Tião da Zaeli), a Expo-Ecos 2019 é um grande desafio a todos os parceiros envolvidos.

“Estamos vivendo um bom momento para o setor e o evento vem para reforçar isso mais ainda, já que em 10 anos houve um grande avanço, o mercado se ampliou em Mato Grosso. A participação das indústrias na exposição também irá atrair participantes de outros estados do Centro-Oeste, por isso acreditamos muito no evento”.

O presidente do Sincovaga, Kassio Catena, lembrou que a exposição aconteceu durante os anos de 2005 a 2009. De lá pra cá não foi mais possível em razão das dificuldades financeiras do país e o setor ficou carente desse tipo de evento no estado.

“Este ano, juntamente com demais parceiros, decidimos encarar esse desafio de movimentar de 12 a 15 mil pessoas por dia no evento, que terá palestras, oficinas e expositores ligados ao varejo e comércio. Acreditamos nesse novo momento da economia brasileira, com expectativa positiva para o crescimento econômico, e queremos envolver profissionais e empresários da área do atacado, distribuidoras, setor de padarias, entre outros. O que o comerciante quer é poder exercer o direito de trabalhar, sem que o Governo atrapalhe, como vinha acontecendo nos últimos anos”, conclui.

O anúncio oficial do retorno da Expo-Ecos, em 2019, aconteceu durante a festa dos melhores fornecedores de 2018, promovida pela Asmat, no dia 23 de novembro, em Cuiabá, com a presença de supermercadistas, fornecedores e convidados.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Geral

Medeiros e Claudinei vão destinar emendas para a construção de nova Delegacia de Polícia em Brasnorte

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (UB) cumpriu agenda, em Brasnorte, no dia 11 de fevereiro, para verificar as principais demandas da cidade, juntamente com o deputado federal José Medeiros (Podemos). Eles foram recepcionados na sede da Prefeitura Municipal pelo prefeito Edelo Ferrari (DEM) e a vice-prefeita Roseli Borges de Araújo (PP) e na Câmara Municipal pelo vice-presidente, o vereador Cláudio Campos e demais parlamentares.

No início do encontro, o prefeito deu um panorama dos projetos previstos no município para atender a área de infraestrutura com os convênios a serem firmados junto ao governo estadual. Ele citou a instalação de aeroporto, revitalização e arborização de áreas urbanas, aquisição de maquinários, recuperação asfáltica com recursos próprios, implantação de usina solar, melhorias no hospital municipal, entre outros investimentos.

Delegacia

A principal demanda apresentada foi a precariedade da Delegacia da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC) do município, em que a Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores e a sociedade civil organizada uniram forças para poder construir uma nova sede para proporcionar um melhor ambiente de trabalho aos servidores e atendimento para a população.

“Parabenizo essa parceria da Prefeitura e Câmara de Vereadores e que não esperaram a iniciativa do Estado e tiveram a proatividade para buscar meios para a construção de uma nova Delegacia de Polícia junto com a sociedade civil organizada. A gente fica muito feliz em saber, ver que se preocupam com a sociedade e o benefício é para os moradores da cidade. E faço questão de somar e vou destinar R$ 300 mil das minhas emendas”, explanou Claudinei.

A gestão municipal concedeu o terreno para a nova delegacia, como, também, R$ 200 mil para a construção da obra. Os vereadores contribuíram com R$ 200 mil e Medeiros se comprometeu a contribuir com R$ 200 mil e o promotor de Justiça de Brasnorte, Alvaro Schiefler Fontes, ficou responsável em articular junto ao Ministério Público para buscar via Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), o restante do recurso que equivale o total de R$ 1,1 milhão.

Realidade

Desde que chegou em Brasnorte, o promotor conta que a cidade possuía juiz e promotor, mas não tinha delegado e nem defensor público. “O que acontece, graça à Deus, é a integração com o prefeito e vereadores e outras autoridades. Até abril no máximo, uma parte do problema estará resolvido com a chegada de um delegado. Desde que cheguei aqui, estamos lutando para trazer uma nova delegacia para cá. A gente quer prestar um serviço público de qualidade”, explica Schiefler.

Para o escrivão da PJC Antônio Carlos, a luta pela delegacia já dura dois anos. “Estamos atrás já há um bom tempo. Fizemos o projeto seguindo os padrões da PJC. Agora, está se tornando realidade. Agora, faço 20 anos na instituição, em março, e essa conquista é para a população. A prefeitura ajuda muito. O efetivo é muito pouco aqui”, comentou o policial.

Os vereadores Professor Genival, Dioclécio Alves de Lima – conhecido por “Manico” (PTB), Dr. Norberto Junior (DEM) e Roberto Marcelo (PSB), o presidente do Sindicato Rural de Brasnorte, Cleber José dos Santos Silva, e o presidente do Conseg de Brasnorte, Nelsi Deiss Barkert, acompanharam o encontro com os deputados.

Reivindicação – O deputado estadual Delegado Claudinei apresentou indicação de n.° n.º 2579/2021 para a Secretaria de Segurança de Mato Grosso para designar um Delegado Titular para atender a Delegacia de Polícia Judiciária Civil do município de Brasnorte.

Atualmente, estão em fase de formação na Academia de Polícia (Acadepol), em Cuiabá, 45 delegados que vão atender os municípios do interior de Mato Grosso, sendo que um deles vai atender Brasnorte, a partir do dia 23 de março deste ano.

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA