CUIABÁ

Geral

Jornalistas vivenciam atividades práticas do Corpo de Bombeiros

Publicados

Geral

Os grupos participaram ainda de treinamento em altura, com exercícios de rapel e resgate de vítimas, na caixa d’agua.

Nove profissionais da imprensa participaram neste sábado (13), no período da manhã e da tarde, do cotidiano dos bombeiros no combate a incêndios, resgate e salvamentos.

Um grupo de jornalistas vivenciou, e sentiu na própria pele, os riscos a que estão expostos os Bombeiros Militares em sua missão de combate a sinistros. Eles participaram do evento “Pauta no Fogo”, nesta sábado (13), cujo objetivo foi conhecer, por meio de treinamentos, o dia a dia desses profissionais.

Pela manhã, as atividades foram realizadas no 1º Batalhão de Bombeiros Militares, com os jornalistas realizando atividades ligadas a combate a incêndios urbanos, mergulho e salvamento aquático e em altura.

“São atividades que desenvolvemos dentro dos centros urbanos”, explicou o comandante-geral do Corpo Bombeiros Militares de Mato Grosso, Coronel Alessandro Borges, que abriu os trabalhos com uma mini palestra aos participantes.

No treinamento de combate a incêndios urbanos, os profissionais da imprensa, num total de 9, ao lado de outros quatro convidados conheceram e utilizaram os equipamentos comuns nestas ocasiões, como capacete, bala clava, luva, roupa de proteção antichama, também conhecida como roupa de aproximação, cujo peso chega a 20 kg, e máscara de proteção respiratória.

O ponto alto foi a escalada da escada magirus, cuja altura total chega a 50 metros. Três pessoas eram erguidas a cada vez, chegando a atingir 30 metros de altura, segundo um dos treinadores.

“Uma sensação indescritível, claro que sem a adrenalina de quem vive uma situação real. Lá de cima a gente vê Cuiabá, Chapada dos Guimarães. Achei que nunca teria esta oportunidade”, disse o fotógrafo Rodinei Crescêncio.

“Nossa proposta é mostrar aos profissionais da imprensa, que estão sempre presentes com a gente em várias situações, o cotidiano prático dos bombeiros. É importante estreitar nossos laços e eles sentirem como são nossas atividades operacionais”, afirmou o instrutor de combate a incêndio, tenente Rivaldo Miranda de Andrade.

Os grupos participaram ainda de treinamento em altura, com exercícios de rapel e resgate de vítimas, na caixa d’agua do 1º Batalhão, cuja altura foi calculada em 15 metros, e de prática de mergulho e salvamento em uma piscina com seis metros de profundidade.

A jornalista Suelen Alencar, que fez o rapel, disse que foi uma das experiências mais intensas da sua vida. “É um desafio muito grande estar aqui. Eles passam segurança pra gente, mas mesmo assim o medo não escapa. Achei até que fosse desistir lá em cima, mas superei o medo. Valeu muito a pena”.

No período da tarde, os convidados seguiram para o Campo de Treinamento do Exército, localizado no Coxipó do Ouro, onde seriam realizados os treinamentos de campo, como prevenção e combate a incêndio florestal, busca, resgate salvamento com cães, busca e resgate com estrutura colapsada e atendimento pré-hospitalar e resgate aéreo.

“Todas estas atividades são seguras. Colocamos à disposição todos os equipamentos de proteção, além das unidades de resgate. Como a segurança é trivial em nossas operações, também aqui é colocada como primeira pauta”, concluiu o comandante do 1º Batalhão de Corpo Bombeiros, Batalhão Cacique, major Queiróz.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Geral

Medeiros e Claudinei vão destinar emendas para a construção de nova Delegacia de Polícia em Brasnorte

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (UB) cumpriu agenda, em Brasnorte, no dia 11 de fevereiro, para verificar as principais demandas da cidade, juntamente com o deputado federal José Medeiros (Podemos). Eles foram recepcionados na sede da Prefeitura Municipal pelo prefeito Edelo Ferrari (DEM) e a vice-prefeita Roseli Borges de Araújo (PP) e na Câmara Municipal pelo vice-presidente, o vereador Cláudio Campos e demais parlamentares.

No início do encontro, o prefeito deu um panorama dos projetos previstos no município para atender a área de infraestrutura com os convênios a serem firmados junto ao governo estadual. Ele citou a instalação de aeroporto, revitalização e arborização de áreas urbanas, aquisição de maquinários, recuperação asfáltica com recursos próprios, implantação de usina solar, melhorias no hospital municipal, entre outros investimentos.

Delegacia

A principal demanda apresentada foi a precariedade da Delegacia da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC) do município, em que a Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores e a sociedade civil organizada uniram forças para poder construir uma nova sede para proporcionar um melhor ambiente de trabalho aos servidores e atendimento para a população.

“Parabenizo essa parceria da Prefeitura e Câmara de Vereadores e que não esperaram a iniciativa do Estado e tiveram a proatividade para buscar meios para a construção de uma nova Delegacia de Polícia junto com a sociedade civil organizada. A gente fica muito feliz em saber, ver que se preocupam com a sociedade e o benefício é para os moradores da cidade. E faço questão de somar e vou destinar R$ 300 mil das minhas emendas”, explanou Claudinei.

A gestão municipal concedeu o terreno para a nova delegacia, como, também, R$ 200 mil para a construção da obra. Os vereadores contribuíram com R$ 200 mil e Medeiros se comprometeu a contribuir com R$ 200 mil e o promotor de Justiça de Brasnorte, Alvaro Schiefler Fontes, ficou responsável em articular junto ao Ministério Público para buscar via Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), o restante do recurso que equivale o total de R$ 1,1 milhão.

Realidade

Desde que chegou em Brasnorte, o promotor conta que a cidade possuía juiz e promotor, mas não tinha delegado e nem defensor público. “O que acontece, graça à Deus, é a integração com o prefeito e vereadores e outras autoridades. Até abril no máximo, uma parte do problema estará resolvido com a chegada de um delegado. Desde que cheguei aqui, estamos lutando para trazer uma nova delegacia para cá. A gente quer prestar um serviço público de qualidade”, explica Schiefler.

Para o escrivão da PJC Antônio Carlos, a luta pela delegacia já dura dois anos. “Estamos atrás já há um bom tempo. Fizemos o projeto seguindo os padrões da PJC. Agora, está se tornando realidade. Agora, faço 20 anos na instituição, em março, e essa conquista é para a população. A prefeitura ajuda muito. O efetivo é muito pouco aqui”, comentou o policial.

Os vereadores Professor Genival, Dioclécio Alves de Lima – conhecido por “Manico” (PTB), Dr. Norberto Junior (DEM) e Roberto Marcelo (PSB), o presidente do Sindicato Rural de Brasnorte, Cleber José dos Santos Silva, e o presidente do Conseg de Brasnorte, Nelsi Deiss Barkert, acompanharam o encontro com os deputados.

Reivindicação – O deputado estadual Delegado Claudinei apresentou indicação de n.° n.º 2579/2021 para a Secretaria de Segurança de Mato Grosso para designar um Delegado Titular para atender a Delegacia de Polícia Judiciária Civil do município de Brasnorte.

Atualmente, estão em fase de formação na Academia de Polícia (Acadepol), em Cuiabá, 45 delegados que vão atender os municípios do interior de Mato Grosso, sendo que um deles vai atender Brasnorte, a partir do dia 23 de março deste ano.

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA