CUIABÁ

POLÍCIA

Agredido pelo namorado, homem morre após 10 dias internado em Cuiabá

Publicados

POLÍCIA

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar a morte de Any Luiz Refosco Junior, de 35 anos, que estava internado no Hospital Santa Rosa, de Cuiabá, deste o dia 5 de janeiro. Ele foi espancado no município de Brasnorte (579 km de Cuiabá).

Segundo informações, a morte de Any Luiz foi confirmada por volta das 4h deste sábado (15). A DHPP foi até o hospital e fez a liberação do cadáver. A causa da morte se deu após choque séptico, que é um tipo de infecção que se alastra pelo corpo, rapidamente, causando falência múltipla de vários órgãos.

A mãe de Any relatou aos policiais que o filho foi agredido pelo próprio namorado, que não chegou a ser preso. Ainda não há informações de quando ele irá prestar depoimento à polícia. O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para o exame de necropsia.

O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa investiga o caso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Padrasto é preso por abusar de enteada de 9 anos em MT
Propaganda

POLÍCIA

Motociclista é atropelada por caminhão da Prefeitura e morre em MT

O motorista do caminhão não percebeu a batida e foi avisado por testemunhas que a vítima havia parado embaixo do veículo.

Publicados

em

Mulher foi parar embaixo do caminhão e chegou ser socorrida com vida

A motociclista Luzanira Macedo da Silva, de 39 anos, morreu nesta quarta-feira (18) após se envolver em uma colisão com um caminhão-pipa da Prefeitura de Matupá (a 681 km de Cuiabá).

De acordo com informações da Polícia Civil, a batida ocorreu quando a vítima tentou realizar uma manobra de ultrapassagem.

O condutor do caminhão da Prefeitura relatou que estava trafegando em baixa velocidade, pois faria uma conversão para entrar à direita, onde iria abastecer o tanque de água.

Ao mesmo tempo, Luzanira tentou ultrapassar o caminhão pelo lado direito e, não sendo vista pelo condutor do veículo maior, acabou sendo atingida pelo mesmo.

O motorista, inclusive, não percebeu a batida e foi avisado por testemunhas que a vítima havia parado embaixo do veículo. A moto ficou presa na parte frontal do caminhão.

Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e resgataram Luzanira ainda com vida.

Ela foi encaminhada para o hospital, porém, não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu na unidade de saúde. A Polícia Civil foi acionada e segue investigando o acidente.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Jovens chegam fora de hora e agridem funcionários de fast-food em MT
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA