CUIABÁ

MISTÉRIO

Casal de primos somem no interior do MT e não são vistos há um mês

Segundo a Polícia Militar, o fato ocorreu no dia 5 de abril deste ano e, até o momento, não foram encontrados.

Publicados

POLÍCIA

Os dois, ambos de 20 anos, estavam com uma amiga e foram falar com uma pessoa. Pouco tempo depois, desapareceram

Thaynara Chrystini dos Santos Silva e Carlos Henrique da Silva Souza, ambos de 20 anos, desapareceram há quase um mês, em Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá.

Os jovens são primos e foram em um evento esportivo no município, mas não retornaram para casa. Segundo a Polícia Militar, o fato ocorreu no dia 5 de abril deste ano e, até o momento, não foram encontrados.

De acordo com o boletim de ocorrência, Thaynara foi com uma amiga no Ginásio de Esportes, que fica no Bairro Jardim Boa Esperança, perto da rodoviária do município. No local, teria um evento estudantil e as mulheres foram ver a abertura do torneio.

Após chegarem no local, a amiga relatou que as duas se encontraram com Carlos Henrique e outras pessoas no ginásio. Em um momento durante a abertura, Thaynara foi chamada por uma pessoa para ir para fora do local e chamou Carlos Henrique para ir junto, dizendo que alguém queria conversar com eles.

A amiga disse à polícia que foi junto, mas que ficou em outro local do lado de fora esperando os primos voltarem. Pouco tempo depois, ela percebeu a demora e foi até o local onde os jovens estavam conversando e não havia mais ninguém.

Leia Também:  Padrasto é preso por abusar de enteada de 9 anos em MT

A mãe de Thaynara disse que tentou entrar em contato com a filha, mas o celular está desligado. O pai de Carlos Henrique disse à polícia que algumas pessoas que estavam no local relataram que viram indivíduos correndo atrás dos dois perto do ginásio 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Jovem morre no interior de MT ao colidir com viatura da PM

Segundo informações colhidas no local do acidente, um caminhão Volvo parado de forma irregular atrapalhou a visão da motociclista

Publicados

em

Mônica Louisa de Paula, de apenas 22 anos, era de Primavera do Leste

Mônica Louisa de Paula, de apenas 22 anos, morreu no último final de semana, após bater sua Honda Biz em uma viatura Chevrolet S10 da Polícia Militar, em Primavera do Leste (231 km de Cuiabá).

Segundo informações colhidas no local do acidente, um caminhão Volvo parado de forma irregular atrapalhou a visão da condutora.

O condutor da viatura narrou que trafegava pela rua Olivério Porta, em velocidade compatível com a via, e ao se aproximar do cruzamento com a Avenida Goiás notou uma fila de caminhões estacionados na rua.

Um caminhão de reboque carregado de milho, estacionado de maneira ilegal, atrapalhava a visão dos condutores no cruzamento da avenida.

Com o impacto, a condutora da motocicleta caiu ao solo. Uma equipe do Serviço de Atendimento de Urgência Móvel (Samu) foi chamada e constatou o óbito da condutora da moto, que não resistiu aos ferimentos.

O motorista do caminhão foi localizado nas proximidades do acidente e optou por não prestar declarações acerca de sua infração, relatando apenas não ter presenciado o acidente.

Leia Também:  Jovem morre no interior de MT ao colidir com viatura da PM

Os condutores da viatura e do caminhão foram apresentados na delegacia. O caso será investigado pela Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA