CUIABÁ

16 ANOS ATRÁS

Dupla que matou homem em barbearia de MT vingava morte de irmão

Há 16 anos, segundo o delegado do caso, a vítima matou e ocultou o cadáver de Alan Douglas Wagner de Oliveira, irmão dos indiciados

Publicados

POLÍCIA

Todo o ataque brutal foi filmado por câmeras de segurança

A Polícia Civil indiciou dois homens por serem responsáveis de matar a facadas Nelson Favoreto, de 46 anos, na semana passada em Guarantã do Norte. O inquérito foi encaminhado ao Poder Judiciário na úlima quarta-feira (11).

No dia 5 de maio, Nelson Favoreto foi atacado por duas pessoas, a golpes de faca, dentro de uma barbearia. Câmeras de segurança registraram o crime. Nelson morreu ainda no local e os autores fugiram na sequência.

Na investigação, a Delegacia de Guarantã do Norte identificou os autores do crime como sendo dois irmãos. E. W. O., de 36 anos, foi preso em flagrante no dia do fato, quando foi encontrado, embriagado, em um bar da cidade.

O delegado Lucas Lélis Lopes representou pela conversão do flagrante em preventiva, quando não há prazo determinado para o fim da custódia. Foi requerida também a prisão do outro autor do crime, de 42 anos, que é considerado foragido da Justiça.

Conforme explicou o delegado de Guarantã do Norte, o homicídio foi motivado por vingança. Há 16 anos, a vítima matou e ocultou o cadáver de Alan Douglas Wagner de Oliveira, irmão dos indiciados. Desde então, Nelson foi jurado de morte.

Leia Também:  Jovem vem da França pra visitar pai em MT e desaparece em aeroporto

No dia do fato, os dois irmãos viram Nelson no salão de cabeleireiro e passaram a premeditar o crime. Eles foram até a casa dos pais, pegaram duas facas na cozinha e retornaram ao local do crime. Na barbearia, cumprimentaram o dono do local e atacaram a vítima com as facas, de surpresa e sem que Nelson pudesse ter qualquer chance de reação.

Após o crime, os dois autores fugiram em uma caminhonete, conforme registraram as câmeras de segurança de um supermercado ao lado do salão. Os investigados foram indiciados por homicídio qualificado em razão de três circunstâncias: motivo torpe, emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima (artigo 121, § 2.º, incisos I, III e IV, do Código Penal).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Rapaz é flagrado em sexo com menor em banheiro de shopping de MT

O crime se enquadra no artigo 233 do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de três meses a um ano de reclusão, além de multa

Publicados

em

O jovem confessou que estava realizando um fetiche com a menor, de 15 anos.

Um jovem, de 21 anos, e uma adolescente de 15 foram flagrados fazendo sexo no banheiro do Várzea Grande Shopping, na noite deste domingo (22).

Segundo a Guarda Municipal, a guarnição recebeu uma denúncia por volta das 21h30, tratando de um flagrante de ato sexual em ambiente de circulação constante de pessoas.

Os agentes foram até o local e, de fato, encontraram o casal no “bem bom”. O rapaz confessou que estava realizando um fetiche com a menor.

O crime se enquadra no artigo 233 do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de três meses a um ano, ou multa, para atos obscenos em ambientes públicos.

Os dois foram encaminhados para a Delegacia.  A menor foi liberada na presença de uma tia responsável. Os guardas ainda encontraram maconha com o rapaz.

Um boletim de ocorrência foi registrado sobre o caso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mulher é morta a tiros dentro de casa, na frente da família em MT
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA