CUIABÁ

POLÍCIA

Empresária chora ao falar com mãe e teria sido salva de tiro fatal por mão no rosto

Publicados

POLÍCIA

A empresária vítima de uma tentativa de feminicídio, Nádia Mendes Vilela, 33, se recupera e pode deixar Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta quarta-feira (30), em Tangará da Serra (239 km a médio norte). O fato de ter colocado a mão no rosto, no momento em que recebia os tiros, pode ter sido fundamental para sua sobrevivência.

Ela conversou com a mãe na tarde de ontem (29) e chorou muito, preocupada com o filho menor de 10 anos. Nádia ainda terá que passar por, pelo menos, duas cirurgias. Uma para retirar um projétil de arma de fogo alojado no pulmão e outra na mão, que usou para cobrir o rosto e que acabou desviando do olho os disparos da pistola bereta calibre 7,65.

Os tiros foram desferidos pelo ex-namorado, o jornalista José Marcondes Neto, 46, o “Muvuca”, que atirou contra a cabeça, em seguida, chegou a ser socorrido, mas não resistiu. A empresária foi alvejada dentro da farmácia de sua propriedade.

Imagens das câmeras do comércio mostram desde a chegada do jornalista que, ao receber a negativa de Nádia para conversar no balcão da loja, chama-a para ir a uma sala reservada. Lá, insiste mais uma vez em reatar o relacionamento de cerca de 4 meses, rompido 30 dias antes. Ao receber nova negativa, saca a pistola da cintura e parte para cima dela, desferindo pelo menos 4 disparos, contra rosto e tórax.

Leia Também:  Embriagado, homem atira nós próprios testículos em MT

Desesperada, Nádia, já ferida, sai engatinhando até chegar ao saguão do comércio onde recebe ajuda para se colocar em pé e sair para rua. Logo depois, é levada em um carro que está na rua lateral da farmácia para um hospital, onde passa a ser atendida e submetida à primeira cirurgia.

O gerente da farmácia, Valdemir Sérgio, 41, por pouco não foi uma das testemunhas do crime, pois ele deixava o comércio no momento em que o jornalista chegava. Em menos de 15 minutos, a empresária já havia sido alvejada e, ao perceber que ela conseguiu correr, Muvuca fez um disparo contra a cabeça.

Removido pelos bombeiros para unidade de saúde, chegou a ser submetido à cirurgia no início da noite, mas faleceu por volta das 21h de segunda-feira. “Não resta dúvida de que o crime foi planejado, pelo fato de o jornalista ter seguido armado para o encontro”, diz Valdemir.

O corpo do fundador do site Muvuca Popular foi liberado por volta das 15h, após necropsia pelo Instituto de Medicina Legal, e trasladado para capital, onde foi velado e ficará enterrado.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍCIA

A facadas, jovem mata assassino de sua mãe no interior de MT

O rapaz atraiu algoz a um ba, até que em determinado momento o homem reconheceu o rapaz e disse: “matei sua mãe e mato você também”.

Publicados

em

O rapaz fugiu da cena do crime, mas já foi encontrado e detido pela polícia

Adevair de Palma Leite, de 43 anos, foi morto com golpes de faca por vingança, em um bar no município de Mirassol d’Oeste (288 km de Cuiabá). Segundo informações da Polícia Militar, o assassino é um homem de 22 anos, filho de uma mulher que Adevair matou anos atrás.

O caso foi registrado na tarde do último sábado (6), mas divulgado apenas nesta quarta-feira (10). De acordo com o boletim de ocorrência, o assassino atraiu Adevair até um bar, onde ficaram bebendo e conversando.

Em determinado momento, Adevair reconheceu o rapaz e disse: “matei sua mãe e mato você também”. Nesse momento, o homem apanhou uma faca, que estava no balcão do estabelecimento, e desferiu várias facadas contra as costas de Adevair.

Segundo relato de uma testemunha, Adevair ainda tentou fugir do local, mas foi seguido pelo assassino, que voltou a golpeá-lo do lado de fora do bar. Imediatamente, o rapaz fugiu do local em uma motocicleta.

Quando a polícia chegou ao local, a vítima estava no chão, com várias lesões de faca nas costas. A equipe médica foi acionada, mas apenas constatou a morte de Adevair.

Leia Também:  Jovem de 28 anos é morta na frente do filho no interior de MT

Com as características do criminoso repassados pelas testemunhas, os policiais começaram as diligências e conseguiram localizar o rapaz numa estrada que dá acesso a São José dos Quatro Marcos.

Ele confessou o crime e explicou que fugiu porque no momento em que esfaqueou Adevair não sabia o que fazer. O homem foi detido e apresentado na delegacia de polícia da cidade. O caso está em investigação.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA