CUIABÁ

APROVEITOU EFEITO DE MEDICAÇÃO

Enfermeiro é preso após grávida acusá-lo de abuso sexual em Cuiabá

Mulher, que tem gestação de risco, conta que precisou se internar e ficou sonolenta com medicação. O abusador teria se aproveitado e agido

Publicados

POLÍCIA

Sessões de abusos só pararam com chegada do marido da vítima, que chamou a polícia. FOTO - Soraya Medeiros

Uma mulher gestante, de 28 anos, acusou um enfermeiro do Hospital Geral de Cuiabá de abuso sexual, na madrugada desta quarta-feira (13). O homem, que tem 34 anos, foi preso.

Segundo o relato da paciente à Polícia Militar, ela tem gravidez de risco, por isso tinha procurado o hospital. Contou que tomou o remédio por volta das 2h, aplicado por uma enfermeira que estava no plantão.

Devido a medicação, ficou pouco consciente. Foi quando a profissional que atendia no local encerrou o plantão. Em seguida, o enfermeiro entrou no quarto que ela estava sozinha, retirou a roupa de baixo e começou a pegar em sua barriga e virilha.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher pedia para o enfermeiro parar a todo momento, porém, ele se negava. Uma recepcionista foi até a sala após alguns minutos.

Ela contou que o enfermeiro, então, parou os abusos, sem que a recepcionista desconfiasse, e continuou depois que a mulher saiu. O enfermeiro só parou depois que a vítima, que estava com poucas condições de reação, disse que o esposo estava chegando no local.

Leia Também:  Pai e filhos são presos em cidade de MT por homicídio no nordeste

Foi quando o homem saiu e a mulher conseguiu pedir ajuda.  Quando o marido chegou, ele acionou a Polícia Militar. Os policiais estiveram no local e detiveram o homem e encaminharam para a Delegacia de Defesa da Mulher.

Segundo a Polícia Civil, o enfermeiro já possui um boletim de ocorrência de assédio sexual, registrado no ano de 2021. O homem foi ouvido pela delegada plantonista e autuado em flagrante e aguarda audiência de custódia.

Outro lado

Por meio de nota, a administração do Hospital Geral de Cuiabá informou que o profissional sempre teve boa conduta, mas que, caso seja comprovado a acusação, ele será desligado.

Leia a nota na íntegra:

A administração do Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá (HG) informa que assim que tomou conhecimento do ocorrido abriu uma sindicância interna para apurar os fatos através de testemunhas e imagens das câmeras  internas, pois preza pela segurança e atendimento humanizado aos seus pacientes. 

Importante ressaltar que a equipe do HG está consternada com o ocorrido, externa seu apoio incondicional para a paciente e que repudia qualquer tipo de violência. 

Informamos também que até a presente data não havia registro de má conduta do colaborador mas que diante dos graves fatos relatados o enfermeiro será desligado do nosso quadro de funcionários imediatamente

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Hilux bate de frente com caminhão e quatro morrem em MT

Conforme informações das forças de segurança que atenderam a ocorrência, a camionete colidiu frontalmente com a carreta.

Publicados

em

Pedaços da camionete e dos corpos das vítimas ficaram espalhados pela vítima.

Um grave acidente envolvendo uma Hilux e um caminhão deixou quatro mortos na BR-364, próximo ao município de Comodoro (641 km de Cuiabá), nesta segunda-feira (04).

Conforme informações das forças de segurança que atenderam a ocorrência, a camionete colidiu frontalmente com a carreta. O acidente ocorreu na altura do quilômetro 1220.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as quatro vítimas fatais eram ocupantes da camionete. O motorista do caminhão ficou ferido com múltiplas fraturas e foi levado ao hospital.

O Corpo de Bombeiros, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Civil e a Perícia Oficial de Identificação Técnica foram até o local e acompanhar o caso, que interditou a pista.

Nas imagens colhidas por populares, pouco após a tragédia, quando os corpos ainda estavam no asfalto, é possível ver um segundo caminhão parcialmente destruído, indicando que o acidente teve mais um veículo envolvido.

VEJA O VÍDEO (IMAGENS FORTES):

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Entregador tem moto atropelada e é espancado por demora em MT
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA