CUIABÁ

CRUELDADE

Filho é acusado de matar mãe e deixar corpo decompondo 15 dias em MT

Vizinhos não aguentaram mais o cheiro vindo da casa e acionaram a polícia, que confirmou o óbito. Filho está foragido

Publicados

POLÍCIA

Homem é conhecido por "Bolívia" e estaria vendendo os móveis, nos últimos dias.

O corpo da idosa Eracy de Campos, de 71 anos, foi encontrado dentro de um apartamento localizado no bairro Jardim Aeroporto em Várzea Grande, na manhã desta quinta-feira (26). O principal suspeito de ter assassinado a vítima seria o próprio filho dela, que é usuário de drogas, identificado Luiz Fernando Januário de Campos, 33 anos, vulgo “Bolívia”

Segundo informações da Polícia Civil, a equipe foi acionada por meio de denúncias anônimas, informando que em determinado endereço vizinhos estavam sentindo um forte odor. O comunicante informou ainda que o filho da proprietária não atendia aos chamados, mesmo estando em casa.

Quando a equipe chegou ao local, o filho da vítima já não estava mais no apartamento. Informações preliminares apontam que a idosa tenha sido morta asfixiada e, pelo estado de decomposição do corpo, o crime aconteceu há cerca de 15 dias.

O corpo da idosa estava na cama coberto por vários lençóis. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) encaminhou o cadáver para o Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia.

Leia Também:  Namorada de agente morto por Pacolla desmente versão de vereador

Vizinhos relataram que, nos últimos dias, o suspeito estava vendendo os móveis e equipamentos eletrônicos da residência para comprar drogas. Dentro do apartamento, foram encontradas diversas porções de entorpecentes, além de latas de cervejas jogadas por todos os cômodos.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já está investigando o caso e fazendo buscas ao suspeito, que é filho adotivo da idosa.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Pai morre, mãe e bebê são internadas após colisão com carreta na 163

A perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária

Publicados

em

Homem de 29 anos chegou ser socorrido com vida, mas morreu no hospital.

Um homem identificado como Wallyson Vinicius Bellon, de 29 anos, morreu ontem (5), após uma colisão entre sua camionete Mitsubishi com uma carreta na BR-163, em Lucas do Rio Verde (a 353 km de Cuiabá).

Além da vítima, sua esposa Nathalia França e a filha do casal, uma bebê, também estavam no carro. As duas foram socorridas e seguem internadas em uma unidade de saúde do Município.

Segundo a Rota do Oeste, que atendeu a ocorrência, a família ocupava um utilitário Mitsubishi branco que bateu no caminhão na altura do Km 666.

As causas do acidente ainda são apuradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). No entanto, a perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária e se preparava para entrar em uma fazenda.

A violência da batida destruiu a parte frontal do Mitsubishi, mas a família foi socorrida com vida. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital São Lucas e a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Município.

Leia Também:  Empresário aproveita enteada bêbada e a estupra em Cuiabá

Apesar de ter sido socorrido, Wallyson não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA