CUIABÁ

FACÃOZADA

Homem mata Pitbull de vizinha que atacou sua cachorra em Cuiabá

O cachorro teria atacado uma vira-lata que estava na rua e que pertencia ao agressor. A dona do Pitbull afirma que já havia separado a briga

Publicados

POLÍCIA

O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada do Meio Ambiente (DEMA). FOTO - Ilustrativa (Diário de Pernambuco)

Um cachorro da raça Pitbull morreu na noite de ontem (26) golpeado com um facão por um homem, em Cuiabá. Uma cadela, da mesma raça, também foi golpeada, mas sobreviveu.

A tutora dos dois cães registrou um boletim de ocorrência na mesma noite, denunciando o caso. O homem é vizinho dela e teria agido por vingança após os cachorros atacarem sua cadela.

Conforme o documento, por volta das 18h30, a mulher abriu o portão de casa, localizada no Bairro Recanto das Seriemas, e os cães fugiram para rua.

Os dois Pitbulls atacaram, conforme o relato, uma vira-lata que estava na rua e que pertenceria ao vizinho. A tutora, entretanto, afirma que conseguiu separá-los.

Segundo a mulher, o vizinho, mesmo assim, apareceu com um facão nas mãos e desferiu vários golpes nos dois Pitbulls.

A mulher afirmou à Polícia que seus cães são “mansos e dóceis” e que nunca atacaram nenhum humano. O cachorro, que apresentava lesões profundas, foi encaminhado para uma veterinária do bairro.

Diante da gravidade dos ferimentos, ele não resistiu. Os cortes, principalmente um na região do tronco, foram muito profundos, demonstrando a violência dos golpes.

Leia Também:  Família de agente morto por vereador de Cuiabá quer a verdade

O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada do Meio Ambiente (DEMA).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Pai morre, mãe e bebê são internadas após colisão com carreta na 163

A perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária

Publicados

em

Homem de 29 anos chegou ser socorrido com vida, mas morreu no hospital.

Um homem identificado como Wallyson Vinicius Bellon, de 29 anos, morreu ontem (5), após uma colisão entre sua camionete Mitsubishi com uma carreta na BR-163, em Lucas do Rio Verde (a 353 km de Cuiabá).

Além da vítima, sua esposa Nathalia França e a filha do casal, uma bebê, também estavam no carro. As duas foram socorridas e seguem internadas em uma unidade de saúde do Município.

Segundo a Rota do Oeste, que atendeu a ocorrência, a família ocupava um utilitário Mitsubishi branco que bateu no caminhão na altura do Km 666.

As causas do acidente ainda são apuradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). No entanto, a perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária e se preparava para entrar em uma fazenda.

A violência da batida destruiu a parte frontal do Mitsubishi, mas a família foi socorrida com vida. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital São Lucas e a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Município.

Leia Também:  Mais uma morte por atropelamento é somada na 163 em cidade do nortão

Apesar de ter sido socorrido, Wallyson não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA