CUIABÁ

ASSUMIU NAS REDES SOCIAIS

Jovem de MT diz ter sido agredido por policial e coloca fogo em viatura

O jovem disse também que tem ansiedade e depressão e que teria sido agredido por estar com um cigarro Leda.

Publicados

POLÍCIA

Apesar de dizer que foi alvo da truculência de um policial militar, jovem descontou sua revolta em viatura da polícia civil

Uma viatura da Polícia Civil foi incendiada no pátio da delegacia na noite do último sábado (23), na cidade de Lucas do Rio Verde (332 km de Cuiabá). O suspeito do ato criminoso se entregou neste domingo (24). Ele não tem passagens criminais e trabalha como servente de pedreiro com o pai.

O atentado aconteceu por volta das 22h40. O Corpo de Bombeiros esteve no local e apagou as chamas do veículo que ficou completamente destruído. Na ocasião, a polícia fez rondas na região para encontrar algum suspeito do crime, mas não obteve sucesso.

Nas redes sociais, o jovem assumiu a autoria do crime e disse que compareceria na delegacia espontaneamente. Ele afirmou que teria sido agredido por um policial militar e revoltado, resolveu atear fogo na viatura da delegacia da Polícia Civil.

O jovem disse também que tem ansiedade e depressão e que teria sido agredido por estar com um cigarro Leda. “Nem meu pai bate em mim, eu tenho ansiedade depressão e uso controladamente a maconha como remédio e não é por isso que devo ser agredido”, afirmou

Leia Também:  Vídeo mostra exato momento em que Paccola mata agente

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Pai morre, mãe e bebê são internadas após colisão com carreta na 163

A perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária

Publicados

em

Homem de 29 anos chegou ser socorrido com vida, mas morreu no hospital.

Um homem identificado como Wallyson Vinicius Bellon, de 29 anos, morreu ontem (5), após uma colisão entre sua camionete Mitsubishi com uma carreta na BR-163, em Lucas do Rio Verde (a 353 km de Cuiabá).

Além da vítima, sua esposa Nathalia França e a filha do casal, uma bebê, também estavam no carro. As duas foram socorridas e seguem internadas em uma unidade de saúde do Município.

Segundo a Rota do Oeste, que atendeu a ocorrência, a família ocupava um utilitário Mitsubishi branco que bateu no caminhão na altura do Km 666.

As causas do acidente ainda são apuradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). No entanto, a perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária e se preparava para entrar em uma fazenda.

A violência da batida destruiu a parte frontal do Mitsubishi, mas a família foi socorrida com vida. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital São Lucas e a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Município.

Leia Também:  "Pai" é suspeito de auxiliar no aborto do filho em MT e jogar feto em lixeira

Apesar de ter sido socorrido, Wallyson não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA