CUIABÁ

POLÍCIA

Juiz de MT perde a cabeça e atira no carro de namorado da ex

Publicados

POLÍCIA

O juiz Cláudio Deodato Rodrigues Pereira, lotado na 2ª Vara de Pontes e Lacerda, foi acusado de atirar contra o carro do namorado de sua ex-companheira. O caso foi registrado na noite da última segunda-feira (6), na cidade de São José dos Quatro Marcos (315 km a oeste de Cuiabá).

A Polícia Militar foi acionada pela ex-mulher do juiz, que narrou que estava em sua casa quando o suspeito chegou ao local e tentou entrar em sua casa. Sem conseguir entrar na residência, o juiz então foi até seu carro, pegou uma arma de fogo e começou a chamar pelo namorado da ex-esposa.

“Manda esse rato sair”, disse o suspeito, segundo relato da mulher. Quando o homem não saiu, o juiz então atirou contra o carro da vítima, ocasião em que a ex-esposa correu para dentro a fim de se esconder.

Diante da situação, um boletim de ocorrência foi registrado por dano, ameaça e disparo de arma de fogo. A reportagem entrou em contato com a comunicação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que se posicional sobre o caso por meio de nota.

Leia Também:  Polícia encontra quatro corpos, troca tiros e mata três em MT

Confira o comunicado na íntegra a seguir:

“A Corregedoria-Geral da Justiça do TJMT já abriu inquérito judicial para as devidas apurações relativas ao comportamento do magistrado.Após os andamentos ele será submetido ao Órgão Especial.

Também foi instaurado procedimento administrativo para apurar desvio de conduta ao Código de Ética e Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman), além da Resolução n 135 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

São dois procedimentos. Um na esfera Administrativa e outro na Criminal.

O Poder Judiciário de Mato Grosso não compactua com comportamentos da natureza relatados pela imprensa e atuará com o devido empenho no caso, assegurando o processo legal e ouvindo os envolvidos.

Válido ressaltar que todo trâmite ocorre em sigilo, seguindo determinação da própria legislação e do CNJ”

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍCIA

Veterinária de MT morre ao colidir com anta na BR-163

Érica era servidora municipal da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do município de Lucas do Rio Verde

Publicados

em

A jovem chegou a ser socorrida e encaminhada ao hospital, mas não resistiu.

Uma médica veterinária, identificada como Érica Fernanda de Jesus Fernandes, de 33 anos, morreu em um acidente de trânsito registrado na madrugada de segunda-feira (8), na BR-163, em Sorriso (400 km de Cuiabá). O veículo que ela estava capotou após ela ter atropelado uma anta.

De acordo com a Rota do Oeste, concessionária que administra a rodovia, a Polícia Rodoviária Federal foi acionada às 1h23 para realizar atendimento de um acidente envolvendo um veículo de passeio no Km 775 da BR.

As equipes estiveram no local e encaminharam condutora e passageira ao Hospital Regional de Sorriso. Jéssica, porém, não resistiu vindo a óbito. O veículo teria colidido com o animal, saído da pista e capotado sobre a faixa de domínio.

Érica era servidora municipal da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do município de Lucas do Rio Verde e atuava na Unidade Permanente de Castração (UPC). A prefeitura lamentou em nota o falecimento da servidora.

“É com grande pesar que a Prefeitura de Lucas do Rio Verde recebe a notícia do falecimento, na madrugada desta segunda-feira (08), da médica veterinária Érica Fernanda de Jesus Fernandes. […] Aos familiares e amigos estendemos os sentimentos de solidariedade, serenidade e conforto neste momento de tristeza, saudade e dor”, diz trechos na nota.

Leia Também:  Veterinária de MT morre ao colidir com anta na BR-163

Não há informações sobre o estado de saúde da outra ocupante do veículo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA