CUIABÁ

POLÍCIA

Menina de 2 anos que morreu em MT após abusos tinha de desfilar nua pro tio

Publicados

POLÍCIA

Maria Vitória Lopes dos Santos, de apenas dois anos e sete meses, que morreu após ser vítima de maus-tratos pelos próprios tios, em Poconé (a 104 km de Cuiabá), na última segunda-feira (08), era estuprada semanalmente, de acordo com o relato da suspeita, Aneuza Pinto Ponoceno, sua tia.

Após o primeiro interrogatório, a mulher revelou todos os detalhes monstruosos do caso. Aneuza é esposa do tio paterno da menina, Francisco Lopes da Silva. Eles tinham a guarda da criança há cerca de cinco meses. De acordo com a suspeita, o marido obrigava a menina a “desfilar nua e rebolar para satisfazer a lascívia repugnante” dele.

As sessões de estupro ocorriam ao menos duas vezes na semana, enquanto a criança chorava de dor e gritava: “Não, não, dói, dói”. Além disso, a menina apanhava com corda de curral e era privada de alimentação diversas vezes.

A mulher confessou ainda que havia observado, há dois meses, que o ânus da criança estava bastante machucado e alargado. Após os estupros frequentes, segundo ela, sempre havia sangue na fralda no dia seguinte.

Leia Também:  Pai e filhos são presos em cidade de MT por homicídio no nordeste

Aneuza disse que também sofria agressões e ameaças do marido, Francisco, que já chegou a enforcá-la em uma ocasião onde disse que iria contar sobre o que acontecia com a menina. Os celulares dos suspeitos foram apreendidos e, após o consentimento formal, a Polícia Civil encontrou vídeos que mostravam um pouco da tortura sofrida pela menina.

Aneuza e Francisco continuam presos, e irão responder pelos crimes de homicídio qualificado, lesão corporal dolosa grave duplamente majorada, maus-tratos qualificado majorado e estupro de vulnerável com lesão grave. A investigação do caso é conduzida pelo delegado, Maurício Maciel Pereira Júnior.

A menina chegou a ficar alguns dias internada, entubada no Pronto-Socorro de Várzea Grande, mas não resistiu.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍCIA

Hilux bate de frente com caminhão e quatro morrem em MT

Conforme informações das forças de segurança que atenderam a ocorrência, a camionete colidiu frontalmente com a carreta.

Publicados

em

Pedaços da camionete e dos corpos das vítimas ficaram espalhados pela vítima.

Um grave acidente envolvendo uma Hilux e um caminhão deixou quatro mortos na BR-364, próximo ao município de Comodoro (641 km de Cuiabá), nesta segunda-feira (04).

Conforme informações das forças de segurança que atenderam a ocorrência, a camionete colidiu frontalmente com a carreta. O acidente ocorreu na altura do quilômetro 1220.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as quatro vítimas fatais eram ocupantes da camionete. O motorista do caminhão ficou ferido com múltiplas fraturas e foi levado ao hospital.

O Corpo de Bombeiros, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Civil e a Perícia Oficial de Identificação Técnica foram até o local e acompanhar o caso, que interditou a pista.

Nas imagens colhidas por populares, pouco após a tragédia, quando os corpos ainda estavam no asfalto, é possível ver um segundo caminhão parcialmente destruído, indicando que o acidente teve mais um veículo envolvido.

VEJA O VÍDEO (IMAGENS FORTES):

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Entregador tem moto atropelada e é espancado por demora em MT
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA