CUIABÁ

MONSTRO EM CASA

Padrasto trata enteada como "namorada" e vai preso em MT

O suspeito foi conduzido até a Delegacia por um mandado de prisão, também por um flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Publicados

POLÍCIA

Segundo relato da menina, os abusos já ocorreriam há anos

Um padrasto procurado pela Justiça por crime de estupro de vulnerável, praticado contra a enteada, que tem menos de 14 anos, foi preso pela Polícia Civil na última quinta-feira (19), em Matupá (695 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito de 47 anos teve o mandado de prisão preventiva decretado pelo juízo da Vara Única da Comarca local, após investigação da Delegacia de Matupá visando apurar os crimes.

Além do cumprimento da prisão, o investigado também foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

As diligências iniciaram logo que o Conselho Tutelar acionou a Polícia Civil, comunicando os abusos sexuais que a vítima vinha sofrendo há anos, dentro da própria casa.

Ao ser ouvida em depoimento especial, a menina relatou os abusos cometidos pelo companheiro da mãe e contou que o agressor a tratava como se fosse “sua mulher”, sua namorada

Diante da gravidade dos fatos, o Ministério Público Estadual representou pela prisão do padrasto, deferido pelo Poder Judiciário.

Leia Também:  Homem é encontrado morto ao lado de moto na Avenida da FEB

Com a ordem judicial, os policiais civis conseguiram localizar o investigado em uma região de garimpo. Na casa dele foi apreendida uma espingarda de calibre 28 sem registro.

O suspeito foi conduzido até a Delegacia de Matupá, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão, bem como lavrado o flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Após a confecção dos autos, o preso foi colocado à disposição do Poder Judiciário.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Hilux bate de frente com caminhão e quatro morrem em MT

Conforme informações das forças de segurança que atenderam a ocorrência, a camionete colidiu frontalmente com a carreta.

Publicados

em

Pedaços da camionete e dos corpos das vítimas ficaram espalhados pela vítima.

Um grave acidente envolvendo uma Hilux e um caminhão deixou quatro mortos na BR-364, próximo ao município de Comodoro (641 km de Cuiabá), nesta segunda-feira (04).

Conforme informações das forças de segurança que atenderam a ocorrência, a camionete colidiu frontalmente com a carreta. O acidente ocorreu na altura do quilômetro 1220.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as quatro vítimas fatais eram ocupantes da camionete. O motorista do caminhão ficou ferido com múltiplas fraturas e foi levado ao hospital.

O Corpo de Bombeiros, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Civil e a Perícia Oficial de Identificação Técnica foram até o local e acompanhar o caso, que interditou a pista.

Nas imagens colhidas por populares, pouco após a tragédia, quando os corpos ainda estavam no asfalto, é possível ver um segundo caminhão parcialmente destruído, indicando que o acidente teve mais um veículo envolvido.

VEJA O VÍDEO (IMAGENS FORTES):

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ônibus da Argentina perde freio na Serra de São Vicente e dois morrem
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA