CUIABÁ

A PAULADAS

Pai é preso por matar cachorrinho de filha em MT

No local, a sogra dele relatou que o acusado é seu genro e matou a pauladas o cachorro de sua neta, que é filha dele.

Publicados

POLÍCIA

Acusado pode pegar de dois a cinco anos de prisão.

Um homem de 37 anos foi preso na madrugada deste domingo (22) depois de matar a pauladas o cachorro da sua filha, da raça shih-tzu.

O crime ocorreu no bairro Imperador, em Várzea Grande. Ele foi denunciado pela cunhada e acabou preso pela Polícia Militar.

De acordo com o boletim de ocorrência, as equipes foram acionadas por volta das 3h20 para atender o caso. No local, a sogra dele relatou que o acusado é seu genro e matou a pauladas o cachorro de sua neta, que é filha dele.

Os policiais viram o animal morto e prenderam o homem em flagrante. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes e deve responder por maus tratos a animais em liberdade.

A Polícia Civil vai apurar o caso. A pena para maus-tratos a animais pode chegar a de dois a cinco anos de prisão e multa.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Inquérito confirma que pai matou filho sufocado em MT por causa de choro
Propaganda

POLÍCIA

Motoqueiros batem de frente e os dois morrem em Cuiabá

Rogério conduzia uma Fonda Fan e morreu ainda no local. Já Victor pilotava uma Honda Biz e morreu no Hospital Municipal de Cuiabá.

Publicados

em

Colisão ocorreu durante a madrugada e investigações ainda apontarão detalhes da ocorrência

Dois motociclistas morreram na madrugada desta sexta-feira (1) em um acidente no Bairro Ribeirão do Lipa, em Cuiabá.

As vítimas foram identificadas como Rogério Sidnei de Campos e Victor Hugo Santana Silva. Segundo a Polícia Civil, o acidente aconteceu na Avenida Mário Palma, por volta da 1h.

Rogério conduzia uma Fonda Fan e morreu ainda no local, antes da chegada do resgate. Já Victor pilotava uma Honda Biz e morreu após dar entrada no Hospital Municipal de Cuiabá.

Não há informações oficiais sobre a dinâmica do acidente, mas imagens já analisadas indicam que foi uma colisão frontal.

O asfalto da via onde ocorreu a tragédia estava esburacado, o que pode ter contribuído. As motocicletas foram destruídas com o impacto.

A Deletran (Delegacia Especializada de Delitos de Transito) esteve no local e investiga as circunstâncias do acidente.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dupla rouba relojoaria, agride vítimas, troca tiros e acaba presa pela PM
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA