CUIABÁ

SUSTO E TANTO

Paraquedas não abre e coronel dos bombeiros de MT passa apuro no ar

O incidente aconteceu em Boituva (SP), um dos maiores centros de paraquedismo da América Latina, durante treinamento

Publicados

POLÍCIA

Amigos assistiram e gravaram toda a cena tensa do oficial

O paraquedas principal do tenente-coronel dos bombeiros de Mato Grosso, Heitor Fernandes da Luz, teve uma pane e não abriu corretamente após ele saltar do avião durante o treinamento de especialização de salvamento em altura, nesta terça-feira (3).

O incidente aconteceu em Boituva (SP), um dos maiores centros de paraquedismo da América Latina, e só não virou tragédia porque houve tempo do militar se desvencilhar do primeiro equipamento e acionar o paraquedas reserva para descer em segurança, tudo isso já em queda livre.

O episódio foi gravado pelos colegas de curso dos bombeiros. Nas imagens é possível ver Heitor rodopiando no ar ao tentar ativar o equipamento principal e perceber a pane. Heitor contou que se comunicou com os colegas e, de imediato, puxou a cordinha do equipamento reserva.

“Eu fui o primeiro a saltar da última aeronave e meu paraquedas teve uma pane. Mas como é uma fita, isso era improvável de acontecer, mas aconteceu. Uma das linhas ficou por cima do paraquedas e não tinha sustentação, o que fazia descer rápido”, explicou.

Segundo Heitor, eles treinam intensamente em solo um dia antes do salto para saber como lidar com situações emergenciais como essa.

Leia Também:  Tio põe fogo em casa de sobrinho por conta de dívida em Cuiabá

“Do lado direito puxei a corda e soltou o paraquedas principal. Tive uma leve queda até acionar o reserva do lado esquerdo. Graças a Deus deu tudo certo”, disse.

Veja a cena assustadora: 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Tio põe fogo em casa de sobrinho por conta de dívida em Cuiabá

A esposa do devedor diz que mesmo sabendo que ela estava dentro da casa, com a filha de 7 anos, o tio ateou o fogo e fez ameaça.

Publicados

em

A Polícia tentou localizar o suspeito, mas até o momento não o encontrou

A Polícia está procurando um homem acusado de atear fogo na casa do sobrinho, onde estava a esposa dele, de 31 anos e a filha, de 7.

O crime aconteceu ontem (21), no Residencial Sampaio, em Cuiabá, motivado por uma dívida que o sobrinho tem com o tio.

De acordo com as informações, Polícia Militar foi acionada por volta das 10h40 para atender um crime de incêndio e tentativa de homicídio. Quando chegou no local encontrou a casa pegando fogo.

Mesmo com o Corpo de Bombeiros no caminho, os policiais ajudaram a apagar as chamas, que foi controlada. Os bombeiros fizeram o rescaldo do local. A vítima, de 31 anos, contou que estava em casa quando o fogo começou.

Segundo ela, o autor do crime é tio do seu marido. Ele foi motivado por uma dívida que o marido tem com ele. Mesmo sabendo que ela estava dentro da casa com a filha de 7 anos, ele ateou o fogo.

Polícia saiu em rondas, mas não encontrou o suspeito. Foi informado ainda que o suspeito ameaçou, na próxima vez, atear fogo no veículo do sobrinho.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Assaltantes rendem entregador e roubam pizza de dois metros em MT
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA