CUIABÁ

QUATRO VÍTIMAS

Pastor acusado de estuprar fieis e passar "óleo ungido" depõe em MT

Conforme as investigações, Louviral teria estuprado quatro vítimas, duas delas sendo menor de idade, em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá.

Publicados

POLÍCIA

Especificamente sobre os possíveis abusos, Lourival manteve-se calado

O pastor Lourival Santos Andrade, de 42 anos, preso por suspeita de estuprar quatro fiéis e passar ‘óleo ungido’ nas partes íntimas delas, foi interrogado ontem (18), em Cuiabá. De acordo com a delegada Jannira Laranjeira, o pastor disse ter três igrejas em municípios do estado, mas não comentou sobre os abusos. Foram encontrados na casa dele papeis com anotações sobre o que ele diria na defesa.

Conforme as investigações, Louviral teria estuprado quatro vítimas, duas delas sendo menor de idade, em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá. A delegada informou que o suspeito respondeu apenas a primeira parte do interrogatório e, que sobre os abusos, manifestou o direito de permanecer calado.

Lourival disse à polícia que possui uma igreja em Confresa, uma em Ribeirão Cascalheira, a 893 km de Cuiabá, e outra na capital, no Bairro Planalto.“Ele foi interrogado e disse ser pastor e ter três igrejas. Respondeu as questões tranquilamente e, sobre o fato, negou e manifestou o direito de permanecer calado”, disse a delegada Jannira Laranjeira.

A polícia encontrou na casa do pastor quatro papeis com os rascunhos da defesa para cada caso. O suspeito ainda informou à Polícia Civil que já havia sido apreendido quando era menor de idade por roubo, mas que após o fato, não tinha mais nenhuma ocorrência policial contra ele.

Leia Também:  Sujeito corre pelado atrás de mulheres e crianças e é preso em MT

A investigação

As investigações iniciaram após o registro do primeiro boletim de ocorrência, em agosto do ano passado, contra o pastor que se aproveitava da função para praticar os abusos sexuais, segundo a polícia. O investigado residia em Cuiabá e cometia os crimes quando ia à cidade de Confresa realizar cultos e encontros pastorais.

Conforme a polícia, uma das vítimas participava de uma conferência na igreja, quando o suspeito chamou a menor em um quarto fechado e acariciou as partes íntimas da adolescente. Em outro momento, ele realizou uma chamada de vídeo para a menor, em que aparecia exibindo o órgão genital.

A segunda vítima, de 17 anos, relatou que em fevereiro deste ano foi até igreja evangélica falar com pastor, para que ele fizesse uma oração. A adolescente informou à polícia que ele a levou até o banheiro da igreja, deu um óleo e pediu para passar na barriga dela.

De acordo com a delegada, as vítimas passaram por exame de corpo de delito em Confresa. Na sequência, o investigado passou o óleo pelo corpo da vítima, que começou a sentir tontura. Então, o suspeito tirou o vestido da adolescente e praticou os atos sexuais, segundo o relato.

Leia Também:  Empresário aproveita enteada bêbada e a estupra em Cuiabá

Conforme a investigação, os crimes eram cometidos do mesmo modo. Durante a oração, ele falava que tinha que passar óleo ungido nas partes íntimas das vítimas, pois alguém havia feito “magia negra”. O investigado levava as vítimas para um quarto ou outro cômodo da igreja, passava o produto no corpo delas e praticava os abusos.

O suspeito teve a prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) pelo crime de estupro de vulnerável, após uma investigação da Delegacia de Confresa para apurar as ocorrências.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Pai morre, mãe e bebê são internadas após colisão com carreta na 163

A perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária

Publicados

em

Homem de 29 anos chegou ser socorrido com vida, mas morreu no hospital.

Um homem identificado como Wallyson Vinicius Bellon, de 29 anos, morreu ontem (5), após uma colisão entre sua camionete Mitsubishi com uma carreta na BR-163, em Lucas do Rio Verde (a 353 km de Cuiabá).

Além da vítima, sua esposa Nathalia França e a filha do casal, uma bebê, também estavam no carro. As duas foram socorridas e seguem internadas em uma unidade de saúde do Município.

Segundo a Rota do Oeste, que atendeu a ocorrência, a família ocupava um utilitário Mitsubishi branco que bateu no caminhão na altura do Km 666.

As causas do acidente ainda são apuradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). No entanto, a perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária e se preparava para entrar em uma fazenda.

A violência da batida destruiu a parte frontal do Mitsubishi, mas a família foi socorrida com vida. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital São Lucas e a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Município.

Leia Também:  Pai morre, mãe e bebê são internadas após colisão com carreta na 163

Apesar de ter sido socorrido, Wallyson não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA