CUIABÁ

POLÍCIA

Por causa de barulho de moto, jovem é assassinado em Cuiabá

Publicados

POLÍCIA

Mais uma pessoa foi assassinada em Cuiabá em decorrência de uma discussão por causa de barulho. É o segundo homicídio pelo mesmo motivo em dois dias na capital.

Desta vez, a vítima foi identificada como Paulo César Albuquerque de Souza Filho, de 24 anos. O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (25) em um residencial no Bairro Jardim Europa.

Segundo informações do boletim de ocorrência, Paulo estaria fazendo barulho com o acelerador de sua motocicleta, quando pessoa que estava próximo não gostou e foi tomar satisfação com o jovem.

Após uma discussão, o homem, então, pegou uma arma e foi até o segundo andar de uma residência onde estava Paulo e fez um disparo. O tiro acertou o pescoço da vítima.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 1h30. Um amigo de Paulo estava no local e fez o relato para os policiais.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e chegando no local constatou a morte da vítima.

Outro crime

Na noite de domingo (23), um homem identificado como Luan Andrey Batista Ferreira, de 28 anos, morreu durante uma briga no Bairro Altos da Serra, em Cuiabá.

Leia Também:  Bandidos simulam colisão, lutam com mulher e roubam Land Rover

O motivo também seria o incômodo provocado pelo som alto. Neste caso, o autor do homicídio foi o vizinho de uma casa que se incomodou com o barulho em uma festa.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Mulher tem pescoço cortado por linha de pipa com cerol em MT

O genro relatou aos militares que a mulher estava conduzindo sua moto, chegando em casa, quando teve seu pescoço cortado

Publicados

em

Policiais militares fizeram rondas pela região do acidente, mas não identificaram o responsável pela linha com cerol

Maria das Graças Ferreira Araújo, de 57 anos, ficou gravemente ferida ao ter o pescoço cortado na tarde do último domingo (14), enquanto andava de moto, no bairro Porto Seguro, em Juara (709 km de Cuiabá).

Ela foi atingida por uma linha de pipa com cerol (material cortante com vidro). De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pela equipe médica do Pronto-Socorro da cidade por volta das 15h.

No local, encontraram a vítima recebendo socorro médico. O genro relatou aos militares que a mulher estava conduzindo sua moto, chegando em casa, quando teve seu pescoço cortado pela linha de pipa com cerol.

Ela teve muito sangramento e foi socorrida às pressas até a unidade. A vítima recebeu atendimento médico e levou diversos pontos no pescoço.

Em entrevista ao site Show de Notícias, Maria das Graças afirmou que achou que iria morrer por conta do ferimento. Também contou que o médico lhe falou que faltou muito pouco para que o corte atingisse a sua veia artéria no pescoço, o que poderia ter sido fatal.

Leia Também:  Bandidos simulam colisão, lutam com mulher e roubam Land Rover

A Polícia Militar esteve no local onde a vítima foi atingida, mas não encontrou ninguém soltando pipas na região. O caso foi registrado e deve ser apurado pela Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA