CUIABÁ

ASFIXIADO

Responsável pela morte de professor em MT é preso e assume o crime

Segundo o acusado, tudo ocorreu após o professor querer fazer sexo com ele. O docente foi encontrado nu e com um fio envolto no pescoço

Publicados

POLÍCIA

O crime contra o professor Murilo ocorreu no último fim de semana e chocou a cidade de Tangará da Serra

O autor de um homicídio ocorrido na semana passada, em Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá), teve o mandado de prisão temporária cumprido pela Polícia Civil, na quinta-feira (12).

A ação de sua prisão foi cumprida por equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio dos policiais da Divisão de Repressão à Entorpecentes (DRE) do município onde ocorreu o fato.

No momento da prisão, o suspeito estava em posse do aparelho celular da vítima, já funcionando com outro chip. Com ele, também foi apreendido a carteira e documentos do professor, além das chaves da casa da vítima.

O crime que vitimou o professor Murilo de Souza Feliciano ocorreu no dia 09 de maio, na residência da vítima, uma quitinete no centro da cidade, Na ocasião, a vítima foi encontrada sem roupas e com um fio de energia enrolado no pescoço, sendo morta por asfixia.

Após os fatos, o suspeito subtraiu a carteira com cartões, documentos, dinheiro, além do celular e do notebook da vítima. Ao sair do local, o suspeito trancou a porta, levando as chaves da residência.

Leia Também:  Rapaz é flagrado em sexo com menor em banheiro de shopping de MT

Assim que foi acionada, a equipe de policiais da DHPP iniciou as diligências para identificar e prender os autores do crime. Com base nos levantamentos, os policiais conseguiram chegar a identidade do autor do crime, que teve o mandado de prisão representado pelo delegado Jailson Peres da Silva, sendo a ordem judicial deferida pela Justiça.

O suspeito foi localizado próximo a sua residência, no bairro Barcelona. No momento da prisão, ele estava utilizando o aparelho celular da vítima e também apontou o local (um terreno baldio) em que ele havia jogado as chaves da residência do professor.

Questionado, o suspeito confessou o crime e disse que matou o professor com um mata-leão, após a vítima tentar manter relações sexuais com ele. O acusado foi conduzido à Delegacia de Tangará da Serra, para ser interrogado e posteriormente foi colocado à disposição da Justiça.

As investigações seguem em andamento para conclusão do inquérito.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Rapaz é flagrado em sexo com menor em banheiro de shopping de MT

O crime se enquadra no artigo 233 do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de três meses a um ano de reclusão, além de multa

Publicados

em

O jovem confessou que estava realizando um fetiche com a menor, de 15 anos.

Um jovem, de 21 anos, e uma adolescente de 15 foram flagrados fazendo sexo no banheiro do Várzea Grande Shopping, na noite deste domingo (22).

Segundo a Guarda Municipal, a guarnição recebeu uma denúncia por volta das 21h30, tratando de um flagrante de ato sexual em ambiente de circulação constante de pessoas.

Os agentes foram até o local e, de fato, encontraram o casal no “bem bom”. O rapaz confessou que estava realizando um fetiche com a menor.

O crime se enquadra no artigo 233 do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de três meses a um ano, ou multa, para atos obscenos em ambientes públicos.

Os dois foram encaminhados para a Delegacia.  A menor foi liberada na presença de uma tia responsável. Os guardas ainda encontraram maconha com o rapaz.

Um boletim de ocorrência foi registrado sobre o caso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Padrasto trata enteada como "namorada" e vai preso em MT
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA