CUIABÁ

POLÍCIA

Segurança da seleção uruguaia é preso por assediar mulher em Cuiabá

Publicados

POLÍCIA

O segurança da seleção uruguaia, identificado pelas iniciais H.F.R.F, 45 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (21), no Hotel Deville, em Cuiabá. Ele é acusado de ter cometido assédio e importunação sexual contra uma mulher que atua como segurança da Conmebol, responsável pela organização da Copa América.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar estava na base em frente ao hotel onde a seleção uruguaia está hospedada, quando foi acionada pela gerência do estabelecimento para atender a ocorrência. No local, os militares encontraram o chefe de segurança e a vítima, de 46 anos, que narrou ter sido vítima de assédio e importunação sexual por parte de um dos responsáveis pela segurança da delegação.

Aos policiais, a vítima relatou que, por volta das 22h, estava no 2º andar do hotel quando o suspeito passou por ela e a cumprimentou. Em seguida, ele teria começado a assediar a mulher perguntando sobre o horário de trabalho dela e o valor que ela ganhava.

Na sequência, o homem pediu um beijo e, em seguida, colocou uma quantia em dólar no banco onde ela estava sentada. A mulher recusou e, mesmo negando, ele tirou outra nota e colocou no bolso do jaleco da vítima. Os seguranças do hotel flagraram o assédio pelas câmeras.

Leia Também:  A facadas, jovem mata assassino de sua mãe no interior de MT

Em determinado momento, a vítima foi segurada pelos braços e os seguranças foram até o local para intervir na situação. Quando eles chegaram, o uruguaio já tinha retornado para o seu quarto. A PM foi até o quarto do suspeito, que foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes.

Em depoimento, o suspeito negou o ato de assédio, informou que estava apenas conversando sobre família. Disse ainda que usava o celular para traduzir a conversa e que a questionou sobre o quanto ganhava. Também disse que deu US$ 10 para a mulher, que recusou. Em seguida, afirmou que deu mais US$10.

Um advogado acompanhou o suspeito e ficou responsável por seus documentos pessoais. O caso foi registrado como assédio sexual e importunação sexual.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍCIA

A facadas, jovem mata assassino de sua mãe no interior de MT

O rapaz atraiu algoz a um ba, até que em determinado momento o homem reconheceu o rapaz e disse: “matei sua mãe e mato você também”.

Publicados

em

O rapaz fugiu da cena do crime, mas já foi encontrado e detido pela polícia

Adevair de Palma Leite, de 43 anos, foi morto com golpes de faca por vingança, em um bar no município de Mirassol d’Oeste (288 km de Cuiabá). Segundo informações da Polícia Militar, o assassino é um homem de 22 anos, filho de uma mulher que Adevair matou anos atrás.

O caso foi registrado na tarde do último sábado (6), mas divulgado apenas nesta quarta-feira (10). De acordo com o boletim de ocorrência, o assassino atraiu Adevair até um bar, onde ficaram bebendo e conversando.

Em determinado momento, Adevair reconheceu o rapaz e disse: “matei sua mãe e mato você também”. Nesse momento, o homem apanhou uma faca, que estava no balcão do estabelecimento, e desferiu várias facadas contra as costas de Adevair.

Segundo relato de uma testemunha, Adevair ainda tentou fugir do local, mas foi seguido pelo assassino, que voltou a golpeá-lo do lado de fora do bar. Imediatamente, o rapaz fugiu do local em uma motocicleta.

Quando a polícia chegou ao local, a vítima estava no chão, com várias lesões de faca nas costas. A equipe médica foi acionada, mas apenas constatou a morte de Adevair.

Leia Também:  Mulher dá mais uma chance e ex tenta lhe morder o rosto em MT

Com as características do criminoso repassados pelas testemunhas, os policiais começaram as diligências e conseguiram localizar o rapaz numa estrada que dá acesso a São José dos Quatro Marcos.

Ele confessou o crime e explicou que fugiu porque no momento em que esfaqueou Adevair não sabia o que fazer. O homem foi detido e apresentado na delegacia de polícia da cidade. O caso está em investigação.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA