CUIABÁ

AÍ DÁ LUCRO

Tia e sobrinha são presas por roubar roupas para estocar loja em MT

Nas imagens é possível ver a agilidade das assaltantes, que aproveitam momentos de distração dos vendedores para agir.

Publicados

POLÍCIA

No momento em que foram flagradas, mais duas comparsas estavam juntas das duas, mas conseguiram fugir

Tia e sobrinha, de 36 e 26 anos, respectivamente, foram presas na terça-feira (31) furtando uma loja de roupas na Avenida Alzira Santana, em Várzea Grande. Segundo a Polícia Civil, uma delas é proprietária de uma loja no Bairro Marajoara e abastecia o seu comércio com as roupas furtadas. Imagens de uma câmera de segurança, da ação das duas foi divulgada nesta quinta (2).

Conforme o programa SBT Comunidade, a dupla atuava com outras comparsas e vinham praticando uma série de crimes, com o mesmo modus operandis, na região central da cidade. Pelo menos sete boletins de ocorrência foram registrados nos últimos 10 dias com as mesmas características, indicando que elas teriam mais comparsas.

Segundo a reportagem, na última terça-feira (31) quatro mulheres entraram na loja da  Avenida Alzira Santana se passando por clientes. Dessa vez, os funcionários perceberam a ação e conseguiram segurar duas delas. A Polícia Militar foi acionada e realizou a prisão da dupla. Outras duas conseguiram fugir com peças furtadas.

Nas imagens é possível ver a agilidade das assaltantes, que aproveitam momentos de distração dos vendedores para agir. Elas colocam os itens rapidamente em bolsas ou sacolas e depois saem do local, como se nada tivesse acontecido. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande, que investiga o caso.

Leia Também:  Mais uma morte por atropelamento é somada na 163 em cidade do nortão

Veja a tranquilidade com que realizam os crimes:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Pai morre, mãe e bebê são internadas após colisão com carreta na 163

A perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária

Publicados

em

Homem de 29 anos chegou ser socorrido com vida, mas morreu no hospital.

Um homem identificado como Wallyson Vinicius Bellon, de 29 anos, morreu ontem (5), após uma colisão entre sua camionete Mitsubishi com uma carreta na BR-163, em Lucas do Rio Verde (a 353 km de Cuiabá).

Além da vítima, sua esposa Nathalia França e a filha do casal, uma bebê, também estavam no carro. As duas foram socorridas e seguem internadas em uma unidade de saúde do Município.

Segundo a Rota do Oeste, que atendeu a ocorrência, a família ocupava um utilitário Mitsubishi branco que bateu no caminhão na altura do Km 666.

As causas do acidente ainda são apuradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). No entanto, a perícia preliminar identificou que o veículo na família colidiu com o caminhão quando este trafegava na pista contrária e se preparava para entrar em uma fazenda.

A violência da batida destruiu a parte frontal do Mitsubishi, mas a família foi socorrida com vida. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital São Lucas e a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Município.

Leia Também:  Taxista consegue escapar de assalto com faca no pescoço em MT

Apesar de ter sido socorrido, Wallyson não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA