CUIABÁ

CIDADES

Casos de chikungunya no Mato Grosso aumentam 3,5 vezes este ano

Publicados

CIDADES

O número de casos de chikungunya no Mato Grosso aumentou 3,5 vezes entre janeiro e outubro de 2018 em comparação ao mesmo período de 2017. Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, entre janeiro e outubro, 14 mil pessoas foram contaminadas pelo vírus da chikungunya. Nesta semana, a produtora cultural Naiane Vidal, 35 anos, morreu em Cuiabá vítima da doença.

A coordenadora de vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Mato Grosso, Alessandra Moraes, explicou que a chikungunya pode potencializar outras doenças preexistentes nos pacientes. “Essa paciente [a produtora cultural que morreu], tinha uma diabetes. A chikungunya tende a potencializar esse quadro, o que acaba agravando a saúde da pessoa e pode levar a óbito”, disse.

Criadouro

Alessandra diz que a época de chuvas e muito calor preocupa, pois esse ambiente favorece a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da chikungunya, da zika e da dengue. Nos últimos meses, Mato Grosso conseguiu reduzir de forma significativa o número de casos de zika e dengue. De janeiro a outubro, a contaminação por zika caiu 61% e, por dengue, 29%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Leia Também:  Fávaro deixa Senado Federal para tentar eleger Neri

“A maioria dos criadouros estão concentrados em imóveis particulares, residência. A população precisa se engajar e ter a consciência de que ela também é coparceira do estado dentro desse processo”, disse a coordenadora.

Para reduzir o número de casos de chikungunya, a Secretaria Estadual de Saúde intensificou as reuniões com as secretarias municipais e os cursos de formação dos profissionais de saúde.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Leia Também:  Quase 97% dos mato-grossenses se declaram heterossexuais

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA