CUIABÁ

CIDADES

DEFESA DO CONSUMIDOR | Confira dicas do Procon-MT sobre fraudes na fatura

Publicados

CIDADES

A estação da seca acabou, as temperaturas baixaram e as contas de energia elétrica começaram a chegar. Com o calor excessivo de setembro, que resultou em aumento na conta de energia, é preciso ficar atento à fatura, alerta o Procon estadual. O primeiro passo é observar se a leitura foi de fato realizada ou se foi por média de consumo.

Tal informação deve constar na fatura de energia. Em um segundo momento, o consumidor precisa analisar seu histórico de consumo dos últimos meses, inclusive do mesmo período do ano anterior. Essas informações também estão nas contas. Outra dica é observar o número de dias faturados, que deve ser de 27 a 33 dias, no máximo.

Da mesma forma, o consumidor deve analisar a faixa de ICMS correspondente ao consumo do mês. Em Mato Grosso o ICMS é escalonado, ou seja, quanto mais quilowatts-hora são consumidos maior é a alíquota de imposto. Além disso, há o custo da bandeira tarifária, que em setembro deste ano foi a vermelha, patamar 1 (R$ 4,00 para cada 100 quilowatts-hora).

Leia Também:  Mauro vê plágio em plano de Governo de Márcia e Emanuel ironiza

Se a leitura foi estimada, se o consumo está muito fora do normal para aquele período ou se houve acúmulo de leitura, o consumidor deve acionar a concessionária e o Procon, caso a empresa não apresente uma solução.

“Uma conta fora do normal para determinado período, se não questionada, vai impactar no histórico de consumo daquela unidade consumidora e, consequentemente, em possíveis faturamentos por média que forem realizados”, alerta a secretária adjunta do Procon-MT, Gisela Simona.

De acordo com o engenheiro eletricista Teomar Estevão Magri, de forma geral, o calor excessivo influência em cerca de 20% o consumo de energia – isso com os aparelhos de ar-condicionado sendo utilizados dentro da mesma quantidade de horas de dias normais. O mesmo acontece com as geladeiras, que também consomem mais energia para manter a temperatura programada em dias muito quentes.

“Se mantiver as mesmas condições de funcionamento, cada grau a mais na temperatura ambiente aumenta em 3,5% o consumo de energia”, explica o engenheiro, que também é membro do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica do Estado de Mato Grosso (Concel-MT).

Leia Também:  Bezerra segue junto de Neri e vê votos de Natasha vindo a aliado

Somado a isso, existe o consumo de energia por horas a mais em funcionamento, principalmente no caso de ar-condicionado, ventilador, umidificador de ar e chuveiro, além da alíquota de ICMS e bandeira tarifária.

Serviço

Reclamações referentes a faturas de energia elétrica podem ser feitas diretamente em uma unidade do Procon ou pelo site www.consumidor.gov.br .

 

FONTE: Redação MinutoMT (com Assessoria)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Leia Também:  Mauro vê plágio em plano de Governo de Márcia e Emanuel ironiza

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA