CUIABÁ

POLÍTICA

Deputado Claudinei detona obra de Mauro Mendes: “vagabunda”

Publicados

POLÍTICA

O deputado estadual Claudinei Lopes (PSL) divulgou um vídeo, nos últimos dias, criticando a situação do anel viário em Rondonópolis (218 km de Cuiabá) e desafiou o governador Mauro Mendes (DEM) a promover uma reunião aberta na cidade para discutir a qualidade das obras e a atuação do seu Governo.

A mensagem foi gravada no domingo (05), ao lado um trecho com vários buracos no anel viário, que recentemente passou por obras de recuperação e que vive sendo ressaltado por Mendes como se fosse um dos seus “feitos” na maior cidade do interior.

No vídeo, o parlamentar diz que já fez várias cobranças e cita também uma reportagem em que Mauro Mendes chamou de “vagabundos” os políticos que estariam divulgando “fake news” sobre o Governo do Estado. “Sou político, falo e apresento a verdade para a população. E aqui está a prova. Uma obra vagabunda gerida pelo Estado de Mato Grosso”, disparou, repetindo o mesmo adjetivo do governador, de maneira irônica.

“Já que o senhor gosta de lançar desafio, vou te fazer um desafio: marque uma reunião ampliada com representantes de vários segmentos em Rondonópolis. Venha aqui e aí sim nós vamos medir sua popularidade”, diz o deputado em outro momento.

Leia Também:  Zezé Di Camargo surge em bar de MT e leva fãs ao delírio

O vídeo foi publicado nas redes sociais de Claudinei Lopes e distribuído também em vários grupos de Whatsapp. Até o momento não houve respostas de ninguém do Governo do Estado.

Veja o vídeo do parlamentar:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍTICA

Emanuelzinho quer R$ 20 mil de Abílio por postagem com sua foto

Ex-vereador fez post nas redes sociais sobre sua pré-candidatura a deputado federal e tentou reviver a “rivalidade” com a família Pinheiro

Publicados

em

Jovem parlamentar não gostou do uso de sua imagem e acionou a Justiça. FOTO - Ednilson Aguiar/OLivre

O deputado federal Emanuelzinho (MDB-MT) já entrou na Justiça contra o ex-vereador de Cuiabá, Abílio Jacques Brunini Moumer, o “Abilinho” (PL), por um post do ex-membro da Câmara de Vereadores da capital, no Instagram, neste início de semana, que utiliza sua imagem.

De acordo com o processo, Emanuelzinho pede a retirada da publicação (que já foi feita), uma retratação pública de Abilinho, além do pagamento de uma indenização de R$ 20 mil. Em seu pedido, o deputado federal, que é filho do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), aponta que Abilinho possui uma “rixa” com sua família.

O ex-vereador fazia oposição ao prefeito da capital e chegou a disputar o segundo turno das eleições de 2020, no entanto, acabou sendo derrotado por Pinheiro, que conseguiu se reeleger. “Tal imagem, retrata o autor em papel antagonista ao do réu, se valendo de uma rixa infundada que o réu possui com a família do autor e que demonstra o claro viés vexatório da aludida publicação, uma vez que incita o ódio por parte de seus correligionários para com a pessoa do autor”, diz o parlamentar no processo.

Leia Também:  Zezé Di Camargo surge em bar de MT e leva fãs ao delírio

No post discutido nos autos, Abilinho aparece na frente da imagem, ressaltando sua pré-candidatura a deputado federal, e Emanuelzinho em segundo plano, em uma tentativa de criar a mesma “rivalidade” que teve com o pai do deputado federal, em busca de atrair holofotes.

A montagem sugere que o parlamentar seria um “alvo” do ex-vereador. “A imagem está sendo exposta sem o consentimento do autor, que em momento algum autorizou este tipo de publicação veiculada pelo réu com caráter degradante e ridicularizante”, reclama o parlamentar no processo.

O caso está sob análise do 2º Juizado Especial Cível de Cuiabá, que ainda não proferiu uma decisão sobre o assunto. O post no Instagram já foi apagado por Abilinho, que a um seguidor esclareceu em novo post, agora sozinho na imagem, que “sua esposa tinha achado a imagem muita feia”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA