CUIABÁ

DISCURSO DE ÓDIO

Deputados estaduais aprovam moção de repúdio contra falas de Lula

De acordo com Cattani, Lula tem promovido discurso de ódio, além de relativizar a fé dos cristãos vinculando a figura de Deus ao PT

Publicados

POLÍTICA

Ex-presidente polemizou, nos últimos dias, ao defender abertamente o aborto e sugerir que militantes cerquem a residência de deputados. FOTO - RICARDO CHICARELLI/AFP

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso acatou solicitação feita pelo deputado estadual bolsonarista Gilberto Cattani (PL) e aprovou, na sessão ordinária desta semana, na quarta-feira (13), uma moção de repúdio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por seus recentes discursos em defesa do aborto e por ele incitar militantes do seu partido á ‘tirar a tranquilidade de familiares de deputados’ em suas residências.

De acordo com Cattani, Lula tem promovido incitação ao discurso de ódio, além de relativizar a fé dos cristãos vinculando a figura de Deus ao Partido dos Trabalhadores. “Ele tem incitado o discurso de ódio, ameaçado as famílias brasileiras, vem incitando à perseguição de parlamentares e tentado a abolição de forma violenta o Estado Democrático de Direito”, disse o deputado na tribuna.

Após o requerimento ser colocado para discussão no plenário, os deputados estaduais Valdir Barranco e Lúdio Cabral, ambos do PT, se posicionaram contra a moção e atacaram o Governo de Jair Bolsonaro, criando um momento de tensão dentro do parlamento. Cattani respondeu que a maioria dos problemas enfrentados na atual gestão foram criados nos últimos 20 anos, dos quais 16 deles foram de gestões petistas.

Leia Também:  Fábio Garcia leva invertida de Emanuelzinho, que aprova visita ao VLT

O bolsonarista também recordou que diversos membros do Partido dos Trabalhadores responderam processos criminais e que muitos deles foram presos. “Em quatro anos não se consegue consertar problemas que foram criados há quase 20. Mas temos que lembrar que o presidente da Petrobras dos governos do PT foi preso, assim como o presidente dos Correios, do Banco do Brasil, da Eletrobrás, da Nuclebrás, da Valec, da Caixa Econômica Federal, do BNDS, três presidentes do PT também foram presos, três tesoureiros do partido foram presos, cinco secretários do PT foram presos, o líder do PT na Câmara foi preso, o líder do PT no Senado foi preso, o presidente da República foi preso e a presidente da República sofreu um impeachment. Não precisamos explicar nada. Enquanto eu estiver no lado contrário estarei no caminho correto”, afirmou.

Colocado em votação, a proposta teve apenas os votos contrários de Valdir Barranco, Lúdio Cabral e Wilson Santos. O deputado estadual João Batista (Progressista) foi o único que se absteve de votar.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Bezerra encerra especulações e diz que MDB vai de Neri

O veterano também projetou o seguimento da aliança com Mauro Mendes, “se ele aceitar as propostas do MDB para a área social”, condicionou.

Publicados

em

Cacique partidário fala em tom de otimismo por vitória de Geller. FOTO - Edson Rodrigues

O deputado federal Carlos Bezerra (MDB) garantiu que o nome escolhido pelo seu partido para concorrer à vaga ao Senado é do deputado federal Neri Geller (PP), conforme já vinha sinalizando há meses. A declaração do emedebista foi dada durante discurso em Canarana, ontem (20), segunda cidade a receber o movimento Avança Mato Grosso. Bezerra disse que o partido é muito disciplinado e que já abraçou esse projeto.

“Já definimos que o nosso candidato ao Senado é o Neri, o MDB já se decidiu. Estamos aqui para mudar a vida de cada um deste estado imenso que é Mato Grosso. E vamos para a vitória com Neri na cabeça”, afirmou Carlos Bezerra, destacando que também caminhará lado a lado com Mauro Mendes (UB) à reeleição, “se ele aceitar as propostas do MDB para a área social”, condicionou.

O movimento tem como proposta a discussão de uma agenda voltada ao desenvolvimento de Mato Grosso e reúne dirigentes e lideranças do PP, PSD, MDB e PSB, além de lideranças de outros partidos. Também participaram do evento os deputados estaduais João Batista (PP), Nininho (PSD), o deputado federal Juarez Costa (MDB), os prefeitos dos municípios de Canarana, Fábio Faria (UB); Nova Xavantina, João Bang (PSB); Água Boa, Dr. Mariano (MDB); além de pré-candidatos a deputado federal e estadual entre outros que totalizaram mais de 600 presentes no encontro.

Leia Também:  Deputado federal de MT se torna réu por acusar prefeito de pedofilia

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA