CUIABÁ

CIDADES

DNPM aciona Polícia Federal para desocupar garimpo ilegal em Mato Grosso

Publicados

CIDADES

Cerca de 500 pessoas ainda ocupam um garimpo ilegal instalado em uma fazenda no município de Aripuanã, a quase mil quilômetros de Cuiabá. A busca por ouro na região começou há dois meses e chegou a atrair duas mil pessoas.

A exploração provocou danos ambientais e levou o DNPM, Departamento Nacional de Produção Mineral, a acionar a Polícia Federal. Na semana passada, o órgão realizou vistoria no local e entregou auto de paralisação para os garimpeiros.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso, o efetivo no local foi reforçado esta semana e está a disposição dos agentes federais para apoiar a retirada dos garimpeiros, familiares e maquinários.

Enquanto a operação não ocorre, os policiais militares fazem trabalho preventivo e de monitoramento. Foram montadas barreiras policiais para impedir a entrada de novas pessoas.

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente aguarda a desocupação total da área para realizar um estudo sobre o impacto ambiental do garimpo. Entramos em contato com a Polícia Federal para obter mais informações sobre a retirada dos garimpeiros, mas até o fechamento desta reportagem não obtivemos retorno.

Leia Também:  Blairo lamenta falecimento de artista plástico e jornalista Denis Maris

Sobre Aripuanã

Ao ser criado, em 1943, o município de Aripuanã vinha a ser uma verdadeira região do Estado de Mato Grosso, abrangendo o que são hoje os municípios de Alta Floresta, Apiacás, anheira, Cotriguaçu, Juína, Juruena, Nova Bandeirante, Nova Monte Verde, Paranaíta e as novas unidades municipais que seguidamente retalham o mapa cartográfico destes antigos municípios citados.

Tendo em vista a área antiga, no território de Aripuanã viveram primitivamente povos indígenas mundurukú, apiaká, kayabí, nambikwára, tupi-mondé e arára.

A origem do nome Aripuanã é indígena Apiacá, que significa Água de Pedra.

O município se localiza ao noroeste do Estado de Mato Grosso. altitude de 240 metros, temperatura média é de 26º C, o clima é equatorial quente e úmido. A vegetação predominante é floresta amazônica. O tipo de solo é argilo-arenoso. Os principais rios são: Aripuanã, Roosevelt, Guariba, Canamã, Capitari, Furquim e Rio Branco.

Mais informações clique AQUI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Leia Também:  Deputado federal de MT se torna réu por acusar prefeito de pedofilia

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA