CUIABÁ

IMUNIDADE PARLAMENTAR

Medeiros assina projeto para anistia de Daniel Silveira

O projeto, que foi idealizado pela deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), foi protocolado nesta sexta-feira (22) na Câmara Federal.

Publicados

POLÍTICA

Parlamentar integra grupo que se movimenta para garantir direitos políticos de Silveira

Ao comemorar a decisão do presidente Jair Bolsonaro (PL) em conceder indulto que extingue a pena e a multa impostas ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal José Medeiros (PL) informa que ele e outros 52 parlamentares assinaram, na última quinta-feira (21), o projeto de lei que propõe anistiar Silveira de todos os crimes e garantir seus direitos políticos.

O projeto, que foi idealizado pela deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), foi protocolado nesta sexta-feira (22) na Câmara Federal. Se for aprovado, o projeto vai garantir a Daniel o direito de ser candidato nas eleições deste ano.

“O STF condenou, nesta quarta-feira (20), o deputado Daniel a oito anos e nove meses de prisão e o deixou inelegível por crime de opinião, mas cumprindo e defendendo a Constituição o presidente da República concedeu o indulto e ressaltou que a liberdade de expressão é o pilar essencial da sociedade em todas as suas manifestações. Tudo que o Brasil precisa é de um líder com coragem para defender o que é certo. O presidente Bolsonaro lavou a alma de todos nós brasileiros. Agora, vamos apresentar o projeto que propõe anistia para garantir os direitos políticos do Daniel”, disse Medeiros que é vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal.

Leia Também:  ALMT entram na Justiça para barrar 22,5% de aumento da Energisa

Para a imprensa, Carla Zambelli explicou que o projeto tem como objetivo extinguir toda a investigação e as punições impostas ao deputado carioca decorrentes da decisão do STF.

“Espero, de verdade, que os eleitores ajudem a pressionar os seus deputados e a gente possa passar com a máxima urgência essa lei e dar anistia a Daniel Silveira”, disse Zambelli. A parlamentar afirma que o projeto tem como base a lei 6.683/1979, que tem o objetivo de dar anistia política.

Os parlamentares que assinaram o projeto temem que o perdão concedido pelo presidente a Silveira pode não garantir ao parlamentar o direito de ser candidato no pleito deste ano. Outro fato que reforça a necessidade de aprovar o projeto é que o decreto presidencial deve ser contestado no STF e na Câmara Federal.

Além do projeto, Medeiros pressiona o presidente da Câmara Federal, deputado Arthur Lira (PP-AL), para que a decisão final sobre o mandato de Daniel seja do plenário da Casa de Leis. Para o parlamentar mato-grossense, Lira deve cumprir a Constituição Federal e colocar em votação a sustação do processo de cassação.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Bezerra encerra especulações e diz que MDB vai de Neri

O veterano também projetou o seguimento da aliança com Mauro Mendes, “se ele aceitar as propostas do MDB para a área social”, condicionou.

Publicados

em

Cacique partidário fala em tom de otimismo por vitória de Geller. FOTO - Edson Rodrigues

O deputado federal Carlos Bezerra (MDB) garantiu que o nome escolhido pelo seu partido para concorrer à vaga ao Senado é do deputado federal Neri Geller (PP), conforme já vinha sinalizando há meses. A declaração do emedebista foi dada durante discurso em Canarana, ontem (20), segunda cidade a receber o movimento Avança Mato Grosso. Bezerra disse que o partido é muito disciplinado e que já abraçou esse projeto.

“Já definimos que o nosso candidato ao Senado é o Neri, o MDB já se decidiu. Estamos aqui para mudar a vida de cada um deste estado imenso que é Mato Grosso. E vamos para a vitória com Neri na cabeça”, afirmou Carlos Bezerra, destacando que também caminhará lado a lado com Mauro Mendes (UB) à reeleição, “se ele aceitar as propostas do MDB para a área social”, condicionou.

O movimento tem como proposta a discussão de uma agenda voltada ao desenvolvimento de Mato Grosso e reúne dirigentes e lideranças do PP, PSD, MDB e PSB, além de lideranças de outros partidos. Também participaram do evento os deputados estaduais João Batista (PP), Nininho (PSD), o deputado federal Juarez Costa (MDB), os prefeitos dos municípios de Canarana, Fábio Faria (UB); Nova Xavantina, João Bang (PSB); Água Boa, Dr. Mariano (MDB); além de pré-candidatos a deputado federal e estadual entre outros que totalizaram mais de 600 presentes no encontro.

Leia Também:  Neri descarta dividir palanque com Fagundes por apoio de Mauro

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA