CUIABÁ

POLÊMICA

Medeiros diz que PT gosta só de putaria de luxo e por isso barrou Tigresa

Segundo o deputado federal, se ao invés de Mato Grosso Ester fizesse as mesmas gravações no Leblon ou Ipanema seria aceita

Publicados

POLÍTICA

Parlamentar comentou sobre a polêmica retaliação à Tigresa ao Conexão Poder. FOTO - Arquivo MidiaNews

Tradicionalmente ácido quando o assunto é alfinetar o Partido dos Trabalhadores – PT, o deputado federal bolsonarista, José Medeiros (PL), rasgou o verbo, nesta semana, e detonou o que chamou de hipocrisia da sigla de Lula ao anular a filiação da atriz pornô de Mato Grosso, Ester Pessatto, a Tigresa Vip, barrando assim a candidatura dela a deputada estadual.

Segundo o parlamentar, não é que o PT não goste de uma putaria, mas prefere uma putaria mais requintada. “Eles defendem qualquer putaria que seja cool, que seja de luxo. O que vale é a putaria chique, se for pobre não serve, não do interior do Mato Grosso. Se for Leblon, Ipanema, aí funciona”, detonou em entrevista ao Conexão Poder.

Medeiros lembrou que Alexandre Frota, ex-ator pornô, foi oposição ao PT e foi aceito na cena política, até mesmo pelos seus adversários, porque era da Globo. Ester Tigresa travou uma dura batalha, inclusive jurídica, para reavivar sua filiação, que foi barrada pelo diretório estadual e posteriormente pelo comando nacional petista.

Leia Também:  Mauro ignora apelo ribeirinho e veta projeto de proteção ao Rio Cuiabá

Um áudio vazado com a voz da própria deputada federal, Rosa Neide (PT), apontou que a parlamentar esteve totalmente ligada ao processo administrativo interno de retaliação da jovem, que já havia se lançado candidata a uma das 24 vagas na Assembleia Legislativa de Mato Grosso – ALMT e já movimentava as redes sociais em busca de um eventual voto folclórico e de protesto.

Rosa assegurou que procuraria a presidente nacional do PT, deputada federal, Gleisi Hofmann, para impedir a chegada de Tigresa “antes que fosse tarde demais” para evitar que o partido fosse “alvo de chacota”. O presidente do diretório petista em Mato Grosso, deputado estadual, Valdir Barranco (PT), pelo menos disfarçou mais que a colega de partido e segue batendo na tecla que a filiação de Ester teve um “erro administrativo”, nos bastidores comenta-se, todavia, que Barranco temia ver sua reeleição ameaçada pela atriz pornô.

Antes da decisão final da direção nacional do partido, Ester fez um vídeo apelando pela interferência do próprio Lula, a quem dizia amar, na questão, mas foi ignorada.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

VEJA aponta Bolsonaro 15 pontos à frente de Lula em MT

Segundo média de pesquisas publicadas, o atual mandatário crava 47,7% da preferência no estado e o ex-presidente petista surge com 32,6%.

Publicados

em

Em nenhum outro estado analisado o presidente tem o índice de aprovação popular mais alto que Mato Grosso. A diferença em relação a Lula, porém, é maior no Acre

Levantamento da empresa de consultoria Vector Research, publicado no site da revista Veja, nesta semana, confirma o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), absoluto em Mato Grosso.

O levantamento traçou um paralelo direto entre Bolsonaro e Lula (PT), seu principal adversário e com quem deve, de fato, disputar diretamente o maior cargo do país nas urnas, em 2022.

Os números confirmam a liderança bolsonaristas em Mato Grosso com 15 pontos percentuais de frente, com o atual mandatário cravando 47,7% da preferência e o ex-presidente petista surgindo com 32,6%.

Cenário geral

Embora em solo mato-grossense o índice de apoio bolsonarista seja o maior registrado, do ponto de vista de vantagem direta sobre Lula, ou seja, de diferença entre um e outro, o estado mais bolsonarista é o Acre.

Por lá, são mais de 18 pontos de frente do atual presidente. Enquanto Bolsonaro chega a ter 47,4% das intenções de voto, Lula surge com 29,1%.

Diferença similar ocorre, também, em Santa Catarina, onde Bolsonaro supera Lula por 45,1% a 29%. A liderança se mantém acima do patamar de 40% em Goiás, com 42,4% contra 32,1% do petista..

Leia Também:  Mauro ignora apelo ribeirinho e veta projeto de proteção ao Rio Cuiabá

O MAIS PETISTA

Do outro lado dos números, o Piauí é onde Lula (PT) tem a maior vantagem sobre Jair Bolsonaro (PL), com mais de 46 pontos de diferença.

O ex-presidente tem 64,2% de preferência entre os eleitores do estado nordestino, enquanto o presidente que busca a reeleição marca 17,3%.

Apanhado geral

O mapa da disputa presidencial nos estados foi montado pela Vector Research a partir de uma análise média com pesquisas de 15 institutos, realizadas entre os dias 6 de maio e 29 de junho em 24 estados (exceto Amapá e Rondônia) e no Distrito Federal.

A empresa preferiu restringir a análise à dupla de atuais líderes nas sondagens.

Veja abaixo os índices comparativos entre os principais candidatos à Presidência da República por estado:

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA