CUIABÁ

CIDADES

Na próxima quinta-feira, STF define o ponto de divisa entre MT e PA

Publicados

CIDADES

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) teve negado seu pedido para adiar o julgamento de uma ação cível proposta pelo Governo de Mato Grosso contra o Estado do Pará, para revisar os limites territoriais dos dois Estados.

Foi publicado no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) desta segunda-feira (24), a negativa do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), do pedido ALMT para adiar o julgamento de uma ação cível proposta pelo Governo de Mato Grosso contra o Estado do Pará, que solicita uma revisão dos limites territoriais dos dois estados.

A ação do Estado do Mato Grosso está tramitando desde 2004 e abrange a divisa dos estados na altura de uma região conhecida como Salto das Sete Quedas.

Nela, o Mato Grosso alega que a divisão dos territórios teria acontecido de forma errada em uma área de aproximadamente 2,2 milhões de hectares, que atualmente pertencente ao Pará, por considerar o ponto inicial do extremo oeste denominada Cachoeira das Sete Quedas e não Salto da Sete Queda.

Leia Também:  Emanuel e Medeiros se revoltam com venda às escuras de vagões do VLT

A procuradoria da ALMT, que só no mês passado se integrou como terceira interessada no processo, justificou o pedido de adiamento por possíveis “consequências sociais e econômicas do julgamento”. Mas o ministro do STF julgou improcedente.

Com isso, o julgamento permanece marcado para o próximo dia 27 de junho.

 

Fonte: Da Redação MinutoMT 
COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CIDADES

Com emenda de R$ 300 mil de Claudinei, distrito de Vale Rico terá uma quadra poliesportiva

O deputado destinou R$ 300 mil para a construção de quadra poliesportiva, com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito de Guiratinga

Publicados

em

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) atendeu o grande anseio dos moradores do distrito de Vale Rico, localizado em Guiratinga, que almejavam ter uma quadra poliesportiva para a prática esportiva de crianças e jovens e realização de eventos. Ele garantiu uma emenda no valor de R$ 300 mil para a construção do espaço e que, também, contará com a contrapartida da outra parte do valor pelo prefeito municipal, Waldeci Barga Rosa (UB).

O parlamentar chegou a visitar o distrito, em janeiro de 2021, junto com o gestor municipal e a vereadora Fabiana Rocha (UB) e se deparou com a situação precária da quadra utilizada pela comunidade local. “Neste dia, me comprometi a buscar alternativas junto aos gestores municipais e contribuir com melhorias na infraestrutura deste distrito. E ainda mais, soube que era um grande anseio dos moradores e me sinto realizado de estar ajudando nesse desejo. Em breve terão um espaço para o esporte e lazer”, posicionou Claudinei.

Fabiana conta que o distrito de Vale Rico possui uma média de 450 habitantes. “É uma região que tem uma população bastante carente e esquecida. A gente procura ajudar o distrito e vê a necessidade de incentivar os jovens a estarem praticando o esporte, participando de campeonatos e ter o lazer merecido, algo que não tinham, pois não havia uma estrutura boa. E o novo espaço também poderá ser utilizado para outros meios, como na promoção de eventos. Será bem amplo”, comentou a vereadora.

Leia Também:  Medeiros diz que PT gosta só de putaria de luxo e por isso barrou Tigresa

Localização – O município de Guiratinga fica a uma distância de aproximadamente 110 km de Rondonópolis. Em relação ao distrito de Vale Rico, é de cerca de 60 km.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA