CUIABÁ

GUERRA DE BASTIDORES

Primeira-dama confirma câncer e culpa irmão de prefeito e jornalista

Virgínia Mendes, esposa de Mauro Mendes, tem um tumor no pâncreas que irá retirar nos próximos dias e atrelou caso a fatores emocionais

Publicados

POLÍTICA

Esposa de Mauro revelou que desde dezembro apresentou instabilidade na saúde, já frágil pelo transplante renal que realizou em 2014

A primeira-dama Virginia Mendes revelou, nesta sexta-feira (10), que foi diagnosticada com câncer no pâncreas. A informação, que já vinha sendo especulada por falas recentes do marido, o governador, Mauro Mendes (UB), foi publicada no Instagram, no qual Virgínia causou polêmica ao indicar que a doença pode ter sido resultado de momentos de abalo psicológico.

A esposa de Mauro chegou citar nominalmente que boa parte da degradação de sua saúde seria resultado de ataques desferidos pelo empresário Marco Polo Pinheiro, o Popó, irmão do prefeito da capital, Emanuel Pinheiro (MDB), e por Alexandre Aprá, jornalista investigativo que já teceu diversas denúncias sobre o governador, Mauro Mendes (UB), e sua família.

“Através de inúmeros exames, fui diagnosticada com um câncer no pâncreas e por isso precisarei passar por uma cirurgia para retirar o tumor. É o amor de Deus, da minha família e de todas as pessoas que oram por mim que me trazem força e que me tranquilizam para estar pronta para os desafios impostos na minha jornada”, revelou a primeira-dama.

Na postagem, que Virginia classificou como um “desabafo”, ela mostra que acredita piamente que a doença seja resultado das críticas que o marido, ela e os filhos recebem. “Tive minha paz abalada por pessoas desumanas e cruéis, o que aos poucos me adoeceu com tanta energia ruim. Primeiro veio uma depressão que aos poucos foi me afastando do que eu mais gostava de fazer”.

Mendes já havia anunciado que a esposa passaria por um processo cirúrgico. A retirada do tumor será feita na próxima segunda-feira (13), em um hospital particular em São Paulo. Virgínia conta que foi na própria capital paulista, em consulta com o médico Antônio Macedo, cirurgião conhecido por atender o presidente Jair Bolsonaro, que descobriu o câncer no pâncreas.

A primeira-dama revelou que desde dezembro apresentou instabilidade na saúde, já frágil pelo transplante renal que realizou em 2014. “Comecei a ter picos de hipoglicemia, náuseas, diarreias e por vezes tonturas. Tive vários desmaios, perdi peso e os sintomas só foram aumentando, me deixando debilitada e fraca”, disse.

Leia Também:  Governo de MT é citado em site nacional por falta de transparência

Guerra jurídica

Ela cita que desde o início da gestão do marido tem sofrido com ataques virtuais, supostamente orquestrados pelo empresário Popó Pinheiro, na qual fez questão de citar. “Eu e minha família fomos alvos de muitas mentiras, calúnias e difamações. Foram inúmeras fake news orquestradas por mentes doentias. Como não tem o que falar sobre a gestão do Mauro, criam inverdades para atacarem a nossa vida pessoal”, garante.

A Polícia Civil de Mato Grosso, inclusive, deflagrou uma operação em combate exatamente a tal “onda de ataques”, que se refere Virgínia, e indiciou Popó e o jornalista Alexandre Aprá. O profissional de imprensa, por sua vez, denunciou à Polícia Federal ter sido perseguido por um detetive que teria sido contratado por um empresário ligado à família Mendes. O caso, contudo, foi repassado pela Força de Segurança Federal à Polícia Civil de Mato Grosso, que nos últimos dias arquivou o caso por falta de provas, mesmo com um material robusto anexado, como áudio do espião em questão citando que trabalhava para a “primeira-dama de Mato Grosso” e até vídeo do mesmo instalando um rastreador no carro do comunicador.

Leia Também:  Emanuel cobra que vereadores deem resposta ao povo no caso Paccola

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

VEJA aponta Bolsonaro 15 pontos à frente de Lula em MT

Segundo média de pesquisas publicadas, o atual mandatário crava 47,7% da preferência no estado e o ex-presidente petista surge com 32,6%.

Publicados

em

Em nenhum outro estado analisado o presidente tem o índice de aprovação popular mais alto que Mato Grosso. A diferença em relação a Lula, porém, é maior no Acre

Levantamento da empresa de consultoria Vector Research, publicado no site da revista Veja, nesta semana, confirma o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), absoluto em Mato Grosso.

O levantamento traçou um paralelo direto entre Bolsonaro e Lula (PT), seu principal adversário e com quem deve, de fato, disputar diretamente o maior cargo do país nas urnas, em 2022.

Os números confirmam a liderança bolsonaristas em Mato Grosso com 15 pontos percentuais de frente, com o atual mandatário cravando 47,7% da preferência e o ex-presidente petista surgindo com 32,6%.

Cenário geral

Embora em solo mato-grossense o índice de apoio bolsonarista seja o maior registrado, do ponto de vista de vantagem direta sobre Lula, ou seja, de diferença entre um e outro, o estado mais bolsonarista é o Acre.

Por lá, são mais de 18 pontos de frente do atual presidente. Enquanto Bolsonaro chega a ter 47,4% das intenções de voto, Lula surge com 29,1%.

Diferença similar ocorre, também, em Santa Catarina, onde Bolsonaro supera Lula por 45,1% a 29%. A liderança se mantém acima do patamar de 40% em Goiás, com 42,4% contra 32,1% do petista..

Leia Também:  Mauro ignora apelo ribeirinho e veta projeto de proteção ao Rio Cuiabá

O MAIS PETISTA

Do outro lado dos números, o Piauí é onde Lula (PT) tem a maior vantagem sobre Jair Bolsonaro (PL), com mais de 46 pontos de diferença.

O ex-presidente tem 64,2% de preferência entre os eleitores do estado nordestino, enquanto o presidente que busca a reeleição marca 17,3%.

Apanhado geral

O mapa da disputa presidencial nos estados foi montado pela Vector Research a partir de uma análise média com pesquisas de 15 institutos, realizadas entre os dias 6 de maio e 29 de junho em 24 estados (exceto Amapá e Rondônia) e no Distrito Federal.

A empresa preferiu restringir a análise à dupla de atuais líderes nas sondagens.

Veja abaixo os índices comparativos entre os principais candidatos à Presidência da República por estado:

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA