CUIABÁ

POLÍTICA

Sachetti é inocentado pela Justiça de acusação de improbidade

Publicados

POLÍTICA

O ex-prefeito, Adilton Sachetti (PRB), teve sua inocência decretada pela 1º Vara de Fazenda Pública de Rondonópolis, recentemente, em uma ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual – MPE.

A iniciativa do MPE se valia de um pseudoenriquecimento ilícito de empresas que foram contratadas pelo Município, em acordo que se estendeu até sua gestão, a partir de janeiro de 2005, e que teria causado dano ao erário.

O projeto em questão tinha como fonte de recursos o então Fundo Estadual de Educação e consistia na construção de um complexo estudantil que acabou custando R$ 4,7 milhões ao contribuinte, sendo a obra assumida pela Construtora Engefoto.

Na prática, o MPE questionava o fato de que os valores envolvidos foram pagos à empreiteira, mas a edificação de um ginásio poliesportivo coberto, que consistia no projeto original, não foi efetuada.

A defesa de Sachetti comprovou, porém, que todo o processo licitatório, estabelecimento do convênio, empenho e até a liquidação foram procedimentos finalizados dentro da gestão do seu antecessor, Percival Muniz.

Leia Também:  Fábio Garcia leva invertida de Emanuelzinho, que aprova visita ao VLT

A obra teve diversos aditivos no seu decorrer, ou seja, acréscimo orçamentários acrescidos ao valor inicial. Para a gestão de Sachetti, restou o pagamento da contrapartida municipal do convênio, o que foi realizado mediante medições.

“Os elementos constantes nos autos não comprovam a prática de ato de improbidade administrativa, notadamente por não ficar demonstrado qualquer ato de irregularidade, já que os valores recebidos pelas empresas construtoras referem-se apenas à construção da escola. Logo, impõe-se a improcedência do pedido inicial”, expôs a sentença judicial.

Sachetti é apontado como um dos pré-candidatos a prefeito da cidade nas possíveis eleições de 2020.

 

FONTE: Da redação MinutoMT com informações da Assessoria.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍTICA

Bezerra encerra especulações e diz que MDB vai de Neri

O veterano também projetou o seguimento da aliança com Mauro Mendes, “se ele aceitar as propostas do MDB para a área social”, condicionou.

Publicados

em

Cacique partidário fala em tom de otimismo por vitória de Geller. FOTO - Edson Rodrigues

O deputado federal Carlos Bezerra (MDB) garantiu que o nome escolhido pelo seu partido para concorrer à vaga ao Senado é do deputado federal Neri Geller (PP), conforme já vinha sinalizando há meses. A declaração do emedebista foi dada durante discurso em Canarana, ontem (20), segunda cidade a receber o movimento Avança Mato Grosso. Bezerra disse que o partido é muito disciplinado e que já abraçou esse projeto.

“Já definimos que o nosso candidato ao Senado é o Neri, o MDB já se decidiu. Estamos aqui para mudar a vida de cada um deste estado imenso que é Mato Grosso. E vamos para a vitória com Neri na cabeça”, afirmou Carlos Bezerra, destacando que também caminhará lado a lado com Mauro Mendes (UB) à reeleição, “se ele aceitar as propostas do MDB para a área social”, condicionou.

O movimento tem como proposta a discussão de uma agenda voltada ao desenvolvimento de Mato Grosso e reúne dirigentes e lideranças do PP, PSD, MDB e PSB, além de lideranças de outros partidos. Também participaram do evento os deputados estaduais João Batista (PP), Nininho (PSD), o deputado federal Juarez Costa (MDB), os prefeitos dos municípios de Canarana, Fábio Faria (UB); Nova Xavantina, João Bang (PSB); Água Boa, Dr. Mariano (MDB); além de pré-candidatos a deputado federal e estadual entre outros que totalizaram mais de 600 presentes no encontro.

Leia Também:  Empresa escolhida para BRT de Mauro Mendes foi alvo da Lava Jato

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA