CUIABÁ

SAÚDE

Deputados anunciam vistoria no hospital regional de Rondonópolis

Publicados

SAÚDE

Os parlamentares visitarão as unidades de Rondonópolis, Colíder, Cáceres, Sorriso, Sinop e o Hospital Metropolitano de Várzea Grande , juntamente com a equipe técnica da comissão.

A Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social vai realizar uma vistoria técnica no Hospital Municipal de Barra do Bugres na próxima segunda-feira (25). A vistoria integra a agenda de visitas aprovada durante a primeira reunião ordinária da comissão realizada na tarde desta quarta-feira (20) e que deverá percorrer todos os hospitais públicos administrados pelo governo estadual, por consórcios municipais ou que possuam atendimento de abrangência regional.

Os deputados deverão visitar as unidades, juntamente com a equipe técnica da comissão, para identificar as demandas de cada unidade e encaminhar as demandas aos órgãos competentes. O presidente da Comissão de Saúde, deputado Paulo Araújo (PP), afirmou que os trabalhos dos parlamentares e da equipe deverão ir além das atividades internas.

“Vamos realizar uma agenda vasta para visitar as unidades hospitalares e debater, além dos projetos de lei, mas também os modelos de gestão, a questão passivos dos hospitais, da humanização dos serviços e da atenção básica”, declarou Paulo Araújo.

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Deverão ser visitados os hospitais de Colíder, Cáceres, Sorriso, Sinop, Rondonópolis, Água Boa, Pontes e Lacerda, Confresa e o Hospital Metropolitano de Várzea Grande, entre outras unidades de atendimento.

Outra demanda apresentada durante a reunião ordinária foi com relação à falta de recursos para conclusão do hospital do Instituto Lions da Visão. O presidente da entidade, o médico Whady Lacerda, explicou que faltam R$ 650 mil para concluir a obra da unidade que deverá ser um dos maiores hospitais filantrópicos da América Latina.

O deputado e membro da comissão, Lúdio Cabral (PT), destacou a importância do trabalho do Instituto Lions da Visão e criticou o empenho de recursos feito pelo governo anterior no programa Caravana da Transformação em detrimento da conclusão do hospital. “O governo investiu milhões em um programa que foi tema de reportagem no ‘Fantástico’ pelas condições de atendimento”. O programa Caravana da Transformação realizava cirurgias oftalmológicas em municípios mato-grossenses. O deputado Paulo Araújo afirmou que vai apresentar a demanda do Instituto Lions aos demais deputados para que possam destinar emendas para a conclusão das obras.

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Frente Parlamentar – Foi apresentado, durante a reunião da Comissão de Saúde, o relatório final da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias da 18ª Legislatura. O coordenador técnico da frente parlamentar, Carlos Eduardo Souza dos Santos, mostrou os principais trabalhos realizados na legislatura passada e que garantiu melhores condições aos cerca de oito mil agentes.

Uma nova Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias foi aprovada para a 19ª Legislatura e deverá ser presidida pelo deputado Dr. Gimenez, que destacou a ação dos agentes na prevenção de doenças e como uma das principais forças de trabalho na área da saúde.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

SAÚDE

Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Dois infectados são de Cuiabá. Existem ainda dois casos suspeitos em Várzea Grande, três em Rondonópolis e um em Sorriso.

Publicados

em

Os homens de 39 e 40 anos estiveram, recentemente, na região sudeste.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou os dois primeiros casos de varíola dos macacos em Mato Grosso. Os dois pacientes vivem em Cuiabá e aguardavam desde a semana passada os resultados dos exames, que foram entregues, nesta sexta-feira (5).

Os infectados são homens, um de 39 e outro de 40 anos. Ambos estiveram recentemente na região Sudeste do país, onde já existem casos de transmissão comunitária da doença, isto é, mesmo pessoas que não saíram do Brasil e contraíram o vírus monkeypox.

Segundo a SES, ainda estão em investigação outros seis casos suspeitos em todo o estado: dois em Várzea Grande, três em Rondonópolis e um em Sorriso.

As amostras colhidas dos pacientes para realização dos exames são encaminhadas para o Laboratório de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT) e, posteriormente, repassadas para o laboratório da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), unidade de referência nacional.

Os principais sintomas da doença são linfonodos inchados, lesões na pele, febre, dor de cabeça, dores musculares e dores nas costas. A recomendação das autoridades sanitárias é que diante destes sintomas, deve-se procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Leia Também:  Exames confirmam dois casos de varíola dos macacos em MT

Para se prevenir da doença, as recomendações são semelhantes àquelas adotadas para evitar o coronavírus: distanciamento social e higienização constante das mãos. Além disso, recomenda-se evitar tocar em lesões na pele ou compartilhar objetos com pessoas infectadas.

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

POLÍCIA

BRASIL E MUNDO

AGRO E ECONOMIA

FAMOSOS

MAIS LIDAS DA SEMANA